5 anos do blog!

Esse ano não teve muitos posts, mas consegui mostrar vários lugares por onde passei: Beco Diagonal, Carolina do Sul, Natal, Zugspitze, Madrid…

Na verdade, alguns posts ainda vêm por aí: Toledo, Barcelona, Munique e Ilha Grande! E até o fim do ano dá tempo de inventar mais, né? 🙂

aniversario,blog,post,5,anos,coamotta, rainbow, bolo

bolo, aniversário, 5, anos, blog, coamotta

Nesses 5 anos viajei bem mais do que imaginei ser possível. Fico muito feliz em poder compartilhar esses momentos com vocês e tiro cada foto com o maior carinho!

bolo, colorido, viagens, 5, anos, aniversário, blog, coamotta

bolo, colorido, 5, anos, blog, viagens, coamotta

mão segurando vela de 5 anos na frente do morro corcovado

Para esse post quis pensar uma coisa bem “eu”, então claro que ele tinha que ser bem colorido heheh.

fatia de bolo colorida com uma vela de 5 anos ao lado de fotos de viagem

5, anos, aniversário, blog, coamotta

bolo, colorido, vela, 5, anos, viagem, aniversário, blog, coamotta

Muito obrigada por acompanharem o blog! Para o próximo ano vocês podem esperar posts feitos com muito amor e cuidado, e também um novo layout (eu espero hahah).

5, anos, blog, aniversário, coamotta

caderno e fatia de bolo em cima de uma mesa redonda e o morro corcovado ao fundo

Que venham mais muitos anos, fotos, viagens! E muito amor também. ❤

avião, corcovado, rio de janeiro, coamotta, 5, anos, blog

Até a próxima!

Anúncios

Madrid – Espanha

Chegamos em Madrid num sábado à noite, absolutamente acabados depois de um dia de viagem. Pegamos o ônibus que sai do aeroporto e pára no centro da cidade, em Cibeles (custa 5 euros). Eu já tinha feito esse percurso antes (visitei Madrid por algumas horas em 2016 numa conexão de voo), então foi bem tranquilo encontrar o caminho.

palacio-de-cibeles

Gran Vía:

Gran, vía, metropolis, madridGran Vía

Depois de largar as malas e ajeitar a cara, fomos jantar no 100 Montaditos perto da Plaza Jacinto Benavente. Pedimos cerveja com limão, mini sanduíches de 1 euro e huevos rotos (ovos fritos com batatas)! Como podem ver na foto abaixo, ficamos bem felizes hahaha. Na verdade, bati a foto no exato segundo em que o “pager” vibrou anunciando que nosso pedido estava pronto.

montaditos, madrid

No dia seguinte começamos a maratona mochilão:

Tomamos café na rua (impossível esquecer desse lugar porque tinha um pikachurros – um churros em formato de pikachu – horroroso), e de lá fomos para a Feira do Rastro. Eu amei muito! Tinha roupas, antiguidades, bolsas, acessórios, e o bairro é lindo! Comprei um macacão colorido e uma pulseira da amizade com a Ju (bem adultas), me diverti horrores. De lá passamos no restaurante mais antigo do mundo, seguindo pra Plaza Mayor e Palácio Real de Madrid.

feira-do-rastro

IMG_7845-2

IMG_7855-2

Na vitrine do restaurante tem uma miniatura de como é lá dentro:

IMG_7859-2

Plaza Mayor

estatua, plaza, mayor, madrid

plaza, mayor, madrid

Plaza de Oriente

IMG_7896-2

Teatro Real

IMG_7888-2

Palácio Real

IMG_7891-2

palacio-real-madrid

Em Madrid existe uma opção de menu de fim de semana nos restaurantes: vem uma entrada, o prato principal e uma sobremesa. Almoçamos lá perto do palácio, mas não achei a comida nada demais.

Compramos o chip da vodafone (dava pra usar nos outros países que iríamos visitar) na Puerta del Sol e andamos até a Plaza de España.

Puertal del Sol

puerta-del-sol

Nessa praça está o marco zero de Madrid

Plaza de España

plaza, espanha, españa, madrid

IMG_7903-2

Felizes porém acabados de tanto andar:

IMG_7906

IMG_7908-2

As placas das ruas de Madrid são uma gracinha! Elas sempre têm uma ilustração combinando com o nome.

IMG_7910-2

Na manhã seguinte fomos visitar Toledo, mas vou deixar para explicar tudo num post separado.

Depois que voltamos do passeio ainda fomos visitar o Templo Debod, um monumento que foi um presente dos egípcios. Eu já não estava animada pra conhecer e, como ele estava sem água, ficou mais sem graça ainda. A Europa entra em obras em agosto, então vários lugares perdem sem seu charme habitual. Mas o lugar em si (Parque del Oeste) é bonito e tem uma vista linda. Aconselham visitar esse templo ao pôr do sol, e realmente fica show.

IMG_8050-2

O Palácio Real fica bem perto:

IMG_8048-2

Catedral de Santa Maria a Real de Almudena (em frente ao Palácio Real):

IMG_8049-2

Depois ainda fomos no El Corte Inglés!

madrid

No dia seguinte eu e Miguel alugamos uma bicicleta para ir visitar o Parque do Retiro. Valeu a pena alugar a bicicleta porque o parque é bem grande, e a bike deixa o passeio mais divertido!

bicicleta-parque-do-retiro

Deu pra dar uma volta, ver o Palácio de Cristal, a exposição do lado (nessa foto abaixo) e o lago dos barquinhos. Almoçamos uma tortilla bem mais ou menos (era barata, né) e um tinto de verano (vinho tinto com refrigerante de soda) bem gostoso.

IMG_8058-2

Monumento, parque, del, retiro, madrid

De tarde fomos em alguns bares procurar comida (a cozinha fecha em certo horário) e passamos na frente do Museu Reina Sofía e no Museu do Prado. Como os museus fecham na terça-feira, vimos só por fora mesmo.

Museu Reina Sofia

Museu do Prado

No dia seguinte saímos cedo para pegar o primeiro trem para Barcelona.

Eu ainda não aprendi a fazer post curtinho, né? hahah

Até o nosso próximo destino!

Carolina do Sul – Estados Unidos

Ta aí um lugar que nunca achei que visitaria! hahah Fui visitar minha família e aproveitei pra tirar fotos pro blog. 🙂

A cidade que passei mais tempo foi Bluffton. Segundo a história que ouvi, a maioria dos habitantes da cidade são aposentados (tem até um condomínio para maiores de 55 anos!) que cansaram do frio das cidades do norte, e foram pro lugar onde passavam as férias: Hilton Head. Uma cidade turística com praia! Mas chegando lá descobriram que era muito caro para morar, e acabaram na cidade vizinha: Bluffton! hahah

IMG_7329

The Church of the Cross

O primeiro lugar que visitei foi a igreja The Church of the Cross. Ela foi construída pelos senhores das plantações (plantavam algodão e arroz), e durante a Guerra Civil foi abandonada. As janelas quebraram, o teto começou a ter vazamentos, e as abelhas invadiram o lugar. Quando voltaram para reformar a igreja, contrataram um profissional para tirar as abelhas, e hoje em dia vendem um “mel sagrado” (Holy Honey), produzido pelas abelhas originárias das que habitavam a igreja.

IMG_7336

“Holy Honey”

A cidade (na verdade acho que a maior parte do estado da Carolina do Sul) é cortada por muitos rios e riachos!

IMG_7339IMG_7346

A casa da foto aqui embaixo se chama Seven Oaks, e foi construída por volta de 1850.

IMG_7351

A cidade toda é completamente diferente do Rio de Janeiro. Só a diferença de população já é gritante! Segundo o Wikipedia, em 2016 Bluffton tinha 18.897 habitantes, enquanto que em 2010 o Rio de Janeiro tinha 6,32 milhões de habitantes!

Bluftton não tem prédios, e o comércio e condomínios estão basicamente na rua principal, a US-278. Outra informação curiosa é que a lei obriga a deixar uma margem de árvores antes das construções, então a rua é cercada de árvores! Ah, e Bluffton não é para pedestres. Até para ir até a esquina é preciso pegar o carro.

IMG_7358

IMG_7357

Os condomínios são enormes, e alguns tem até cavalos e golfe! hahah As casas são lindas, tudo é super cuidadinho, e até o pôr-do-sol é tão perfeito que parece um cenário de filme.

IMG_7483

Juro que editei pouquíssimo essa foto!

Como eu queria dar um pulo da Urban Outfitters, aproveitamos para visitar Charleston, uma cidade na Carolina do Sul que fica a umas 3 horas de Bluffton.

No caminho passamos pela Old Sheldon Ruins. A igreja foi construída em 1753, e queimada duas vezes. Uma pelos ingleses em 1779 na Guerra Revolucionária dos Estados Unidos, e outra em 1865, na Guerra da Secessão.

IMG_7428

IMG_7434

IMG_7442

IMG_7452

Charleston foi uma ótima surpresa! Apesar de ficarem no mesmo estado, Charleston é muito diferente de Bluffton. Como tem vários colleges pela cidade, Charleston é uma cidade com muitos jovens. A arquitetura é uma graça, a King Street tem umas lojas muito legais, e dá até pra andar a pé!! hahaha

IMG_7478

Algumas lojas da King Street: Lush, Urban Outfitters, William-Sonoma, Apple

É impossível não encontrar a Urban! hahaha Quando entramos lá e olhamos para cima, percebemos que a loja foi construída em um antigo teatro! Muito legal!

IMG_7479

Aqui vão algumas fotos de Charleston:

IMG_7465

Chegando na cidade!

IMG_7467

Charleston Yacht Club

IMG_7469

IMG_7470

IMG_7472

IMG_7473

IMG_7475

Nossa visita a Charleston foi meio corrida porque tínhamos que voltar enquanto ainda estivesse sol. De noite muitos veados atravessam as ruas correndo, e o risco de acidente aumenta. Espero voltar um dia para conhecer melhor!

Até mais! 🙂

Paraty – RJ

Nessa última sexta fui para Paraty conhecer a FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty), que acontece anualmente desde 2003. Foram umas 4h30 de viagem (ônibus) saindo do Rio de Janeiro, e é tranquilo chegar porque a cidade é pequena e a rodoviária fica bem perto do centro. O que atrapalha são as pedras super irregulares que acabam com o joelho (sou idosa mesmo).

Nessa festa literária ficam espalhadas pelo centro da cidade casas temáticas de editoras e artistas independentes, onde acontecem workshops, palestras, debates, e até distribuição de chopp e cerveja. Além disso também tem a mesa principal, com debates que são pagos para assistir, mas que passam num telão no meio da praça.

Como eu não conhecia a cidade ainda, acabou que turistei e não vi os debates e palestras. Até fiquei interessada em alguns, mas não tive muito tempo para ficar esperando para conseguir pegar lugar, e os mais interessantes eram em horários que eu não conseguiria assistir. Faltou planejamento? Faltou sim, mas deu pra aproveitar.

IMG_5984

IMG_5987

Restaurantes e lateral da Livraria da Travessa

IMG_5992

A FLIP tem programação infantil!

IMG_5989

IMG_5995
Os debates aconteceram dentro da Igreja
IMG_5993

Telão ao fundo

IMG_5990

Portas de Paraty ❤

IMG_6007IMG_6003

IMG_5996

O litoral:

IMG_6010IMG_6013IMG_6029

IMG_6034

Interior da Casa Folha

No sábado fui fazer um passeio de escuna pelas praias de Paraty.

IMG_6086

A primeira parada foi na Praia Vermelha.

IMG_6088IMG_6116IMG_6110IMG_6121

IMG_6171

Peixinho!

IMG_6177

IMG_6181

Praia do Amyr Klink

IMG_6197IMG_6211IMG_6224

Chegamos do passeio e fomos desesperadamente procurar um lugar pra comer. Achei Paraty meio fraco nesse sentido, acho que tem que pagar muito caro para comer bem. De resto é tudo bem ok, e mesmo assim não é barato. Mas é FLIP né, as coisas ficam mais caras mesmo.

Falando em ser mais caro, nós alugamos um Air Bnb com muita antecedência, porque tudo lota e fica caro. Mas acabou que o lugar era bem ruim, super sujo (sou alérgica pra caramba, percebo logo) e ainda teve um encontro de jovens da igreja com cantoria (alta) dentro da casa. Não vou nem falar qual foi porque não recomendo mesmo.

De noite fomos ver a roda de samba promovida pela livraria Folha Seca.

Encheu bastante e foi super animado!

IMG_6242IMG_6037

Até a próxima FLIP!

 

Fim de semana em Petrópolis

Oi gente!

Na verdade esse post não fala sobre as atrações turísticas de Petrópolis como a Quitandinha, Palácio de Cristal e Museu Imperial. Acabou que fizemos uns passeios diferentes, e não sobrou tempo pra ir nos clássicos. Mas as vistas da serra e as aventuras gastronômicas valeram!

No primeiro dia queríamos ir no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, mas o gps nos mandou para um outro lugar que não tinha nada a ver! Hahah O que acabou sendo bom porque o Parque demanda mais tempo, e não daria para aproveitar direito.

Até tinha uma vista bonita, mas como estava muito nublado não tirei muitas fotos da serra. Aproveitei pra fotografar uma vibe meio filme de suspense! 😀

IMG_5614IMG_5602IMG_5599IMG_5606IMG_5610

De noite fomos conhecer a Fábrica da Bohemia, que era bem em frente ao nosso Hostel! (Pro post não ficar enorme não vou postar as fotos do Hostel, mas vale a pena pesquisar o Um Hostel ou olhar no meu Instagram!)

Adorei aprender mais sobre cervejas, e se você for sem comer dá até pra sair bêbado do museu hahaha Foi tão divertido que até esqueci de tirar fotos, só tirei essas duas no terraço:

IMG_5664IMG_5672

E essa do nosso Schwein Burger e deliciosos bolinhos de cevada:
(Vocês não acham que tinham que botar o Darth Vader nessa Bohemia Imperial??)

IMG_5678

No dia seguinte fizemos a trilha do Morro do Bonet. São de 40 minutos a 1 hora de subida íngreme. Eu que sou sendentária fiquei morta, mas pra quem tem um mínimo de preparo físico é mais tranquilo! E a vista vale muito a pena!

IMG_5709IMG_5726IMG_5743IMG_5786

Lá perto fica o restaurante Trutas do Rocio. A comida é maravilhosa, e as trutas são criadas lá mesmo. O preço é um pouco salgado (por volta de R$: 60,00 o prato individual), e precisa fazer reserva, mas vale muito a pena!

IMG_5797IMG_5807

IMG_5813

Trutas com amêndoas

IMG_5818

Amiguinho ❤

Pra nos despedirmos da Serra fomos na Praça de São Vicente. Dá pra pular de Asa Delta, mas ficamos só no chão mesmo.

IMG_5835IMG_5839IMG_5853

Espero que gostem das fotos! ❤

 

Óbidos – Portugal

Então, continuando os posts da viagem!

Depois de Aveiro seguimos para Óbidos, uma cidade com ares bem medievais (mas é cheirosa). Não dormimos dentro do castelo porque era mais caro, mas ficamos no Óbidos Village Guest House, em Olho Marinho, que é bem perto.

Não aconselho chegar de noite porque o caminho fica bem escuro, mas o lugar é ótimo!

8

Estacionamos o carro já do lado, e fomos conhecer o interior do castelo. O passeio é caminhar pelas muralhas e pela vila que tem dentro.

6

Logo que cheguei tinha um homem vendendo várias coroas de flores secas,  e acabei comprando pra entrar na vibe. 😀

12

Se você tem medo de altura, não aconselho andar pelo castelo. É bem alto e não tem muito onde se segurar. Mas é super legal e a vista é linda!

9

121135

Não tirei fotos por dentro da vila porque estava muito cheio, mas é uma gracinha. Muitos lugares vendendo chocolate, ginja (licor famoso da região que é uma delícia!!), souvenirs… e vi até uma loja vendendo roupas medievais!!

Pena que ela só fazia por encomenda, fiquei louca para levar um vestido pra casa!

710img_7823

Almocei por lá mesmo, e foi a melhor decisão da vida. Comi um bife com molho de ginja que vai ficar guardado eternamente no meu coração.

Obs: Claro que as fotos em que eu apareço não foram tiradas por mim, mas pela minha mãe 🙂

Até mais!

Santiago de Compostela

Confesso que nunca tinha pensado em visitar Santiago de Compostela, na Espanha. Mas como íamos viajar para o Porto, resolvemos dar um pulinho lá. (Não vou fazer post sobre Porto porque a babi já fez. 🙂 )

Mas gente, foi amor à primeira vista. Juro. ❤

As contruções são lindas, a vibe é maravilhosa e a cidade é cheia de gente estilosa! É super emocionante chegar na Praza do Obradoiro e ver os peregrinos suados todos felizes chegando e se abraçando, levantando as bicicletas, tirando fotos etc.

1

Nós chegamos de carro, e ficamos hospedadas no Nova Compostela Apartments que achamos na promoção e com uma nota excelente no Booking. Não é um hotel, são uns pequenos apartamentos com fogão, máquina de lavar e tudo. Fomos super bem recebidas e adoramos!

De manhã saímos para passear no centro histórico e, mesmo não sendo religiosa, fiquei super emocionada quando cheguei.

234

A praça principal é a Praza do Obradoiro, onde ficam a Catedral, o Pazo de Raxoi e o Hostal dos Reis Católicos.

9810567172425

Logo depois fomos para a Praza das Praterías.

161113

151214

Dentro da Catedral tem o famoso botafumeiro, que é usado para purificação espiritual e para aliviar o cheiro da inhaca dos peregrinos.

Aí paramos para almoçar e comi um tortilla gigante de ovos e batata e uma cerveja Estrella Galicia.

comida-copy

Então saímos caminhando pela cidade até chegar na Praza de Mazarelos, onde fica o Arco de Mazarelos, que já foi portão de entrada da cidade. Depois fomos para as ruas que tem as lojas legais e passamos pelo parque ao lado.

1819212224

De noite saímos pra jantar uns tapas! Comemos pimientos de padrón, pulpo a feira, e de sobremesa tinha que ter a torta de santiago, né? 🙂

pimientos-de-padrontorta-de-santiago

Já saí de Santiago cheia de saudade. ❤

Aliás, achei galego muito fofinho! hahah

¡Hasta pronto! 🙂