Zugspitze – O topo da Alemanha

Esse na verdade foi o último destino da viagem mas, como estou empolgadíssima para falar sobre esse lugar, vai ter post antes dos outros!

A montanha Zugspitze fica nos alpes da Bavária, e dá pra fazer um bate e volta direto de Munique. Ficamos divididos entre visitar o castelo Neuschwanstein e o topo dessa montanha, que é a mais alta da Alemanha. No fim, optamos pelo segundo.

Fiquei apaixonada pela região Garmisch-Partenkirchen, lugar por onde acessamos o Zugspitze. Minha nova viagem dos sonhos é ficar hospedada no extremo sul da Alemanha, vendo as casinhas, os lagos, visitar o Neuschwanstein e aproveitar a comida da região, que é incrível!

Confesso que estava meio preocupada com o trajeto de Munique. Vi algumas dicas na internet mas, como o novo teleférico é muito recente, fiquei na dúvida se teria alguma diferença. Acabou que foi bem fácil: Pedimos informação na estação de trem, e lá mesmo compramos o pacote combinado do trem pra Garmisch-Partenkirchen e todo o trajeto até o topo da Montanha (ida e volta). O total foi por volta de 65 euros por pessoa.

A viagem de trem durou pouco mais de uma hora. Saltamos na estação Garmisch-Partenkirchen e seguimos as indicações até outro trem. Não tem como errar, já que é muito bem sinalizado. Trocamos o nosso voucher pelos tickets do Zugspitze (foto abaixo), e de lá fomos até o alto – passando por dentro da montanha – para pegar o teleférico até o pico.

É possível saltar antes na estação Eibsee, e pegar o teleférico que sai lá de baixo. Mas, como chegamos tarde, decidimos deixar o lago Eibsee para a volta.

1

Pegamos o ticket e fomos até trem para subir o Zugspitze

Chegamos de trem cremalheira em uma parte aberta (frio!) com uma vista linda! Acho que gostei até mais do que o topo, na verdade, já que tem contato direto com a montanha.

IMG_8396

Essa parte costuma ficar coberta de neve mas, como fomos no verão, só vimos uns montinhos aqui e ali. A vantagem de ir nessa época do ano é que as chances de conseguir enxergar a vista são maiores! Por outro lado, no inverno é possível esquiar.

IMG_8407

IMG_8384-2

Uma capelinha no meio da montanha

De lá pegamos o teleférico e chegamos no topo da Alemanha!

Lá em cima tem uns 3 andares e vários caminhos dando em diferentes lados da montanha (fechados e abertos). Confesso que fiquei meio zonza com tanto sobe e desce, vai pra lá – vai pra cá. Acho que eu estava numa ansiedade de ver tudo logo que também não ajudou. Por isso minha dica é: chegue cedo e faça as coisas com calma.

Tem vários restaurantes lá em cima, então dá pra sentar e relaxar. Aliás, na parte da “varanda” do restaurante, as pessoas dão comida para os corvos, que já fazem fila!

IMG_8434

Para quem quiser ter um pouco mais de contato com a montanha, dá pra subir numa parte aberta. Eu não subi (porque além de não estar com sapato adequado não estava afim de emoção) mas o Miguel subiu, e aproveitei para tirar algumas fotos dele.

IMG_8423

Montinho de neve e a montanha atrás

IMG_8422-2

A gente passa nervoso com o mozão aventureiro mas não perde a oportunidade de tirar fotos legais hahah 😀

IMG_8445

IMG_8444-2

Eu tirei UM ZILHÃO de fotos e mesmo assim não vou conseguir mostrar tudo. Queria ter até tirado menos fotos hahaha acho que exagerei…

Como eu disse, os mirantes da montanha têm vários andares e acessos. Inclusive, um dos lados é do Tirol:

IMG_8484-2

Bem-vindos ao Tirol

IMG_8464-2

Mais fotos:

IMG_8425-2IMG_8477-2IMG_8455-2IMG_8424-2IMG_8481-2IMG_8468-2

Adorei esses posters que estavam em um dos restaurantes:

IMG_8489-2

Descemos no último teleférico (por volta das 17h e pouco) e fomos correndo ver o Eibsee. Bateu um forte arrependimento de não ter chegado mais cedo e levado toalha para nadar. Vai ter que ficar para a próxima. 🙂

IMG_8500.jpg

IMG_8521IMG_8524IMG_8526IMG_8527

Eu já desconfiava que tinhamos perdido o último trem que levava de volta para estação de Garmisch-Partenkirchen, mas quis olhar o lago mesmo assim. Acabou que realmente perdemos o trem, mas era possível pegar o ônibus com o mesmo ticket. Gott sei Dank!

Pegamos o ônibus, chegamos felizes (mentira que eu tava bem tensa) e fomos procurar um lugar pra comer. No fim valeu a pena atrasar, já que a comida do restaurante que escolhemos foi a melhor da viagem!!

Finalmente consegui provar o famoso Käsespätzel, e o prato (alguma parte do porco com Kartoffelknödel) do Miguel também estava delicioso. ❤

comida

Conseguimos voltar pra Munique e deu tudo certo! Demos muita sorte de conseguir subir a montanha em um dia de céu limpo. Havia algumas nuvens lá em cima, mas não atrapalhou muito pois com o vento elas ficavam mudando de posição toda hora.

Li por aí que a montanha Wankberg também é uma ótima opção, e tem vista para o Zugspitze! Outra que não deixa nada a desejar (essa eu fui!!) é a Kehlstein. Inclusive, já tem até post aqui no blog. 😀

Em breve teremos mais posts de viagem! Fiquem ligados. 🙂

Anúncios

Carolina do Sul – Estados Unidos

Ta aí um lugar que nunca achei que visitaria! hahah Fui visitar minha família e aproveitei pra tirar fotos pro blog. 🙂

A cidade que passei mais tempo foi Bluffton. Segundo a história que ouvi, a maioria dos habitantes da cidade são aposentados (tem até um condomínio para maiores de 55 anos!) que cansaram do frio das cidades do norte, e foram pro lugar onde passavam as férias: Hilton Head. Uma cidade turística com praia! Mas chegando lá descobriram que era muito caro para morar, e acabaram na cidade vizinha: Bluffton! hahah

IMG_7329

The Church of the Cross

O primeiro lugar que visitei foi a igreja The Church of the Cross. Ela foi construída pelos senhores das plantações (plantavam algodão e arroz), e durante a Guerra Civil foi abandonada. As janelas quebraram, o teto começou a ter vazamentos, e as abelhas invadiram o lugar. Quando voltaram para reformar a igreja, contrataram um profissional para tirar as abelhas, e hoje em dia vendem um “mel sagrado” (Holy Honey), produzido pelas abelhas originárias das que habitavam a igreja.

IMG_7336

“Holy Honey”

A cidade (na verdade acho que a maior parte do estado da Carolina do Sul) é cortada por muitos rios e riachos!

IMG_7339IMG_7346

A casa da foto aqui embaixo se chama Seven Oaks, e foi construída por volta de 1850.

IMG_7351

A cidade toda é completamente diferente do Rio de Janeiro. Só a diferença de população já é gritante! Segundo o Wikipedia, em 2016 Bluffton tinha 18.897 habitantes, enquanto que em 2010 o Rio de Janeiro tinha 6,32 milhões de habitantes!

Bluftton não tem prédios, e o comércio e condomínios estão basicamente na rua principal, a US-278. Outra informação curiosa é que a lei obriga a deixar uma margem de árvores antes das construções, então a rua é cercada de árvores! Ah, e Bluffton não é para pedestres. Até para ir até a esquina é preciso pegar o carro.

IMG_7358

IMG_7357

Os condomínios são enormes, e alguns tem até cavalos e golfe! hahah As casas são lindas, tudo é super cuidadinho, e até o pôr-do-sol é tão perfeito que parece um cenário de filme.

IMG_7483

Juro que editei pouquíssimo essa foto!

Como eu queria dar um pulo da Urban Outfitters, aproveitamos para visitar Charleston, uma cidade na Carolina do Sul que fica a umas 3 horas de Bluffton.

No caminho passamos pela Old Sheldon Ruins. A igreja foi construída em 1753, e queimada duas vezes. Uma pelos ingleses em 1779 na Guerra Revolucionária dos Estados Unidos, e outra em 1865, na Guerra da Secessão.

IMG_7428

IMG_7434

IMG_7442

IMG_7452

Charleston foi uma ótima surpresa! Apesar de ficarem no mesmo estado, Charleston é muito diferente de Bluffton. Como tem vários colleges pela cidade, Charleston é uma cidade com muitos jovens. A arquitetura é uma graça, a King Street tem umas lojas muito legais, e dá até pra andar a pé!! hahaha

IMG_7478

Algumas lojas da King Street: Lush, Urban Outfitters, William-Sonoma, Apple

É impossível não encontrar a Urban! hahaha Quando entramos lá e olhamos para cima, percebemos que a loja foi construída em um antigo teatro! Muito legal!

IMG_7479

Aqui vão algumas fotos de Charleston:

IMG_7465

Chegando na cidade!

IMG_7467

Charleston Yacht Club

IMG_7469

IMG_7470

IMG_7472

IMG_7473

IMG_7475

Nossa visita a Charleston foi meio corrida porque tínhamos que voltar enquanto ainda estivesse sol. De noite muitos veados atravessam as ruas correndo, e o risco de acidente aumenta. Espero voltar um dia para conhecer melhor!

Até mais! 🙂

Fim de semana em Petrópolis

Oi gente!

Na verdade esse post não fala sobre as atrações turísticas de Petrópolis como a Quitandinha, Palácio de Cristal e Museu Imperial. Acabou que fizemos uns passeios diferentes, e não sobrou tempo pra ir nos clássicos. Mas as vistas da serra e as aventuras gastronômicas valeram!

No primeiro dia queríamos ir no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, mas o gps nos mandou para um outro lugar que não tinha nada a ver! Hahah O que acabou sendo bom porque o Parque demanda mais tempo, e não daria para aproveitar direito.

Até tinha uma vista bonita, mas como estava muito nublado não tirei muitas fotos da serra. Aproveitei pra fotografar uma vibe meio filme de suspense! 😀

IMG_5614IMG_5602IMG_5599IMG_5606IMG_5610

De noite fomos conhecer a Fábrica da Bohemia, que era bem em frente ao nosso Hostel! (Pro post não ficar enorme não vou postar as fotos do Hostel, mas vale a pena pesquisar o Um Hostel ou olhar no meu Instagram!)

Adorei aprender mais sobre cervejas, e se você for sem comer dá até pra sair bêbado do museu hahaha Foi tão divertido que até esqueci de tirar fotos, só tirei essas duas no terraço:

IMG_5664IMG_5672

E essa do nosso Schwein Burger e deliciosos bolinhos de cevada:
(Vocês não acham que tinham que botar o Darth Vader nessa Bohemia Imperial??)

IMG_5678

No dia seguinte fizemos a trilha do Morro do Bonet. São de 40 minutos a 1 hora de subida íngreme. Eu que sou sendentária fiquei morta, mas pra quem tem um mínimo de preparo físico é mais tranquilo! E a vista vale muito a pena!

IMG_5709IMG_5726IMG_5743IMG_5786

Lá perto fica o restaurante Trutas do Rocio. A comida é maravilhosa, e as trutas são criadas lá mesmo. O preço é um pouco salgado (por volta de R$: 60,00 o prato individual), e precisa fazer reserva, mas vale muito a pena!

IMG_5797IMG_5807

IMG_5813

Trutas com amêndoas

IMG_5818

Amiguinho ❤

Pra nos despedirmos da Serra fomos na Praça de São Vicente. Dá pra pular de Asa Delta, mas ficamos só no chão mesmo.

IMG_5835IMG_5839IMG_5853

Espero que gostem das fotos! ❤

 

Porto Alegre – RS

Como eu falei pra vocês nesse post aqui, estive em Porto Alegre no início do mês!

Confesso que mesmo a cidade não sendo muito turística, eu amei! Só faltou um bom churrasco pra aproveitar bem PoA! Fica pra próxima. 🙂

Logo que cheguei fui caminhar pelo centro, mas confesso que não me senti muito segura pra tirar fotos. Tem prédios bonitos e tal (apesar de não muito preservados), mas achei perigoso.

IMG_2521-2

Chalé da Praça XV

A prefeitura e o mercado público são bem bonitos! No mercado dá pra comprar cuia e erva mate pra fazer chimarrão.

IMG_2525-2

No domingo fui no Brinque da Redenção, e confesso que até então nunca tinha escutado a palavra “brinque”. Eu chamaria de feira da redenção mesmo hahah. É uma feira que vende  moedas, quadros, bolsas etc.

Tava tendo jogo do Grêmio x Internacional (o clássico de lá) e registrei um momento pra dizer pra vocês que existe amor no gre-nal sim!

grenal

Fui conferir o último lambe-lambe de Porto Alegre, e acabei tirando foto por lá!

Ele me mostrou o equipamento, como revela na hora e tal. Muito legal! 🙂

unnamed

Gaúcha?

IMG_2669-2

Varceli Freitas Filho

IMG_2674-2

Eu super curti o Parque da Redenção! Tava mó sol então tinha mó galeres curtindo na grama.

IMG_2676-2

Eu e o chimarrão

IMG_2679-2IMG_2681-2IMG_2694-2

No outro dia fiz a rota Jardim do DMAE – Parcão – Pátio Barão – Rua Gonçalo de Carvalho, mas confesso que foi meio burrice e deveria ter feito Parcão – Pátio Barão – Jardim do DMAE – Rua Gonçalo de Carvalho.

IMG_2720-2

Jardim do DMAE

IMG_2725-2IMG_2728-2IMG_2731-2

Não sei porque eu acho moinhos tão maneiros, mas achei muito louco ter um moinho no meio do parque haha adorei!

IMG_2735-2-2

IMG_2741-2

Parcão

IMG_2743-2

O Pátio Barão confesso que achei mais fotogênico do que legal, sei lá, nada demais.

IMG_2747-2

E gostei mais das ruas no caminho da Gonçalo de Carvalho do que ela em si. Não que ela não seja bonita, e tudo bem que cheguei no inverno e depois da tempestade que derrubou várias árvores, mas as outras são mais interessantes.

Tem uma cheia de bares (pena que a foto saiu desfocada…) que é linda!

IMG_2749-2IMG_2755-2

De lá peguei um uber (aliás sentei na frente quase todas as vezes porque tava tendo várias tretas) até a famosa loja Love It. Claro que amei, mas não tinha nada muito diferente das lojas de decoração que eu já vi.

O que eu gostei MESMO foi o café deles! Meu almoço saiu super baratinho e tava bem gostoso. Além disso, a decoração é um amor! Parecia que eu tava almoçando em um jardim encantado hehe.

IMG_2761-2IMG_2762-2

 

IMG_2768-2

A fachada da loja

Depois só fui na Casa de Cultura Mario Quintana, que é linda, mas não tem muita coisa pra ver.

Fui com um macaquinho combinando mas não tinha ninguém pra tirar foto minha, #chateada.

IMG_2793-2

IMG_2770-2IMG_2776-2

O prédio tem um jardim super legal também!

IMG_2777-2

Jardim Lutzenberger

IMG_2781-2

Já to louca pra voltar pra PoA 🙂

Gramado – RS

Oi gente!

Eu passei esses últimos dias em Porto Alegre (post em breve!), e aproveitei pra conhecer Gramado. É bem pertinho da cidade, na serra gaúcha, e vale muito a visita!

IMG_2529

A cidade tem todo um estilo alemão/italiano, e é super tranquila! Os motoristas respeitam os pedestres, e eu me senti bem segura.

IMG_2532
IMG_2533

Fui caminhando por aí e passei pela Rua Coberta. Uma gracinha, né?

IMG_2540IMG_2542

Gramado é cheio de lugares lindinhos!

IMG_2544IMG_2545

Igreja Matriz São Pedro Apóstolo

IMG_2546IMG_2549IMG_2555IMG_2559

E olha um cuco gigante! 😀

IMG_2562IMG_2564

Algumas lojas vendem cucos lindos, porém nada que agrade meu bolso. 😦

IMG_2566IMG_2571IMG_2574IMG_2579

Apesar de ter ido no inverno, eu peguei bastante calor.
Mas fui olhar a previsão de hoje e a mínima é de 3°C!! hahah

IMG_2582

A cidade tem vários eventos legais, como o Festival de Cinema de Gramado.

Cês podem conferir os outros clicando >aqui<!

IMG_2588IMG_2595IMG_2602

E esse é o famoso Lago Negro!

IMG_2607IMG_2626

O Mini Mundo foi o único lugar que eu entrei. Paguei 28 reais, mas achei super divertido e fofo. Eu já tinha ido em alguns lugares representados (Munique, Freiburg, Frankfurt…), então foi bem legal vê-los em miniatura!

Na verdade não tem miniaturas de todos os países. Tem Alemanha, Suiça, Liechtenstein e alguns lugares do Brasil. Mas de tempos em tempos eles acrescentam uma nova miniatura, então daqui a pouco chegam lá né? hahah

Ah! E ainda comi um pretzel com doce de leite delicioso! 😀

IMG_2636

Olha que gracinha esse mini casamento na Igreja!

IMG_2639IMG_2638

Palácio Ipiranga em São Paulo

IMG_2649

Já posso falar que tenho foto com o Neuschwanstein né?? heheh

IMG_2663

Tem várias outras atrações pela cidade: Mundo de Chocolate, Snowland, Museu do Automóvel, e também dá pra passear por Canela e visitar uns vinhedos. Mas como eu ia ficar lá só um dia preferi andar pela cidade e comprar uns chocolates na fábrica da Lugano.

Eu amei muito a cidade e super recomendo!

Espero que tenham gostado!  🙂

 

Brasília

Oi gente!

Fui passar uns dias em Brasília e tirei umas fotos pra compartilhar aqui. Eu tava super preocupada porque todo mundo comenta que lá é muito seco, e eu sou alérgica a tudo que se respira. Mas como estava no período de chuvas (choveu muito, vários dias) foi tranquilo. Na verdade eu só tive problema com o sol, que queima demais! Fiquei toda vermelha.

Então, no primeiro dia fomos conhecer a Catedral de Brasília, que foi projetada por Oscar Niemeyer, assim como todas as outras construções importantes da cidade. O interior é bem bonito, e as esculturas de anjos suspensos são impressionantes.

IMG_0257-2

IMG_0263-2

IMG_0269-2

Depois seguimos para a Praça dos 3 Poderes. Ela é construída no formato de um triângulo equilátero, para mostrar a autonomia e igualdade do Legislativo, do Judiciário e do Executivo.

IMG_0286-2 IMG_0289-2 IMG_0291-2

O Supremo Tribunal Federal e o Palácio do Planalto, respectivamente.

IMG_0294-2

IMG_0318-2

IMG_0316-2

Ali no meio tem uma sala com fotos da construção de Brasília, e uma maquete ótima para entender o formato avião da cidade.

IMG_0320-2

IMG_0303-2

IMG_0299-2

E fomos conhecer o Congresso Nacional.

IMG_0359-2

O tour por dentro foi rapidinho, já que estavam trocando o carpete da Câmara dos Deputados, e não podia entrar por causa do cheiro. Então só fomos no Senado Federal.

IMG_0331-3 IMG_0345-3 IMG_0336-3

IMG_0337

E mais construções na Esplanada dos Ministérios: O Palácio da Justiça e o Itamaraty.

IMG_0351-2 IMG_0352-2 IMG_0364-2

E esse balão aleatório?!!

IMG_0366-2

Bem, depois disso fomos tomar um chá com a Sra. Presidente no Palácio da Alvorada.

IMG_0368-2

Aliás, belas emas que ela tem!IMG_0398-2

No dia seguinte fomos andar de bicicleta. Paramos no Pontão do Lago Sul, que é um parque lindinho na beira de um lago artificial.

arvore bike

Na verdade foi só isso mesmo porque morri depois. Aliás, foi aí que eu me queimei e fiquei com marca de blusa.

O plano para o sábado era ir na Caverna dos Ecos, mas eu achei que me enfiar num buraco escuro no chão era demais pra mim. (Tenho pavor de escuro.) Então fui passear no shopping e conhecer a Livraria Cultura de lá. E olha o que eu achei!! A edição ilustrada de Harry Potter e a Pedra Filosofal! ❤

IMG_0393-2

No último dia repetimos uns programas e conhecemos a torre de tv.

IMG_0385-2

Olha a troca da guarda do Palácio do Planalto!

IMG_0403-2

IMG_0408-2 IMG_0411-2 IMG_0416

Ta aí a tal torre de tv!

IMG_0431

Pegamos o elevador (tinha uma fila grandinha, mas não demorou muito não) e subimos até metade da torre. Dá pra ter uma boa vista da Esplanada dos Ministérios!IMG_0437-2 IMG_0438-2 IMG_0448

E antes de voltar para o Rio, demos um pulo no Pontão de novo. 🙂

IMG_0471 IMG_0482 IMG_0466

Espero que tenham gostado!

Podem deixar sugestões e correções nos comentários. 🙂

Cristo Redentor

Hoje fui turistar com uma galera no Cristo, que já não ia há uns 8 anos. Subimos de carro até a bilheteria, e pegamos uma fila grandinha pra comprar o ingresso.

111

Como teríamos que esperar para pegar o bondinho ou a van até lá em cima, resolvemos ir andando.

12
DSC01982
15

No início achei que seria uma boa ideia, mas um pouco depois da metade meu sedentarismo começou a falar mais alto e tive que sentar pra não morrer. Mas, no fim, cheguei viva (e carregada).

679

E finalmente pegamos um elevador e chegamos no topo.

DSC02022

Claro que tirei mil fotos.

2

Pão de Açúcar

14
GOPR0260.jpg

DCIM100GOPRO

Yayy

IMG_0082IMG_0092IMG_0095
IMG_0069.jpg
IMG_0057.jpg
GOPR0262-2.jpg

5

Árvore da Lagoa

10

Tava meio cheio, mas não chamaria de extremamente lotado.

Depois comemos, olhamos a lojinha rapidamente (por que temos tão poucos cartões postais bonitos?) e fomos descer.

48

Descer foi bem mais fácil! 😀

IMG_0110.jpg3.jpg
IMG_0120.jpg

O passeio custou 37 reais (não dá pra pagar meia entrada), e estava incluido o bondinho. Mas descobrimos que é possível subir e descer sem o transporte e comprar lá em cima. Essa opção sai 13 reais mais barata.

Até mais!