Darwin’s Café – Lisboa

Não vou fazer post sobre Lisboa porque já tem um moooonte aqui no blog! Mas quero mostrar pra vocês esse lugarzinho lindo que é o Darwin’s Café!

Ele fica em Belém, bem pertinho da Torre de Belém.

cd7cd23cd22

Depois de passar pela torre andamos um pouco e chegamos na Fundação Champalimaud: é lá que fica o Café.

cd21cd20

A decoração é linda!! Cheia de detalhes: objetos, frases…cd16cd15cd19cd13cd12cd14cd18cd8

cd6

Do lado de fora conseguimos ter uma outra visão de Belém.

As coisas não são lá super baratinhas, mas tem várias opções de chá e umas coisas mais acessíveis.cd3cd2cd4cd5cd9cd10cd11cd1

Vale muito a pena visitar! ❤

Óbidos – Portugal

Então, continuando os posts da viagem!

Depois de Aveiro seguimos para Óbidos, uma cidade com ares bem medievais (mas é cheirosa). Não dormimos dentro do castelo porque era mais caro, mas ficamos no Óbidos Village Guest House, em Olho Marinho, que é bem perto.

Não aconselho chegar de noite porque o caminho fica bem escuro, mas o lugar é ótimo!

8

Estacionamos o carro já do lado, e fomos conhecer o interior do castelo. O passeio é caminhar pelas muralhas e pela vila que tem dentro.

6

Logo que cheguei tinha um homem vendendo várias coroas de flores secas,  e acabei comprando pra entrar na vibe. 😀

12

Se você tem medo de altura, não aconselho andar pelo castelo. É bem alto e não tem muito onde se segurar. Mas é super legal e a vista é linda!

9

121135

Não tirei fotos por dentro da vila porque estava muito cheio, mas é uma gracinha. Muitos lugares vendendo chocolate, ginja (licor famoso da região que é uma delícia!!), souvenirs… e vi até uma loja vendendo roupas medievais!!

Pena que ela só fazia por encomenda, fiquei louca para levar um vestido pra casa!

710img_7823

Almocei por lá mesmo, e foi a melhor decisão da vida. Comi um bife com molho de ginja que vai ficar guardado eternamente no meu coração.

Obs: Claro que as fotos em que eu apareço não foram tiradas por mim, mas pela minha mãe 🙂

Até mais!

7 on 7 – Abril

A um ano atrás eu estava feliz da vida viajando pela Europa. Então, como o tema do 7 on 7 desse mês é Cidades, resolvi postar umas fotinhos antigas. 🙂

Lisboa, Portugal
6

Amsterdam, Holanda3

Arredores de Sintra, Portugal4

Praga, República Tcheca2

Berlim, Alemanha5

Frankfurt, Alemanha7

Frankfurt, Alemanha1

Blogs participantes:

Lado MillaGabriele OrtizFotografeiFlores de NovembroBlog Confident.

Até a próxima. 🙂

Lisboa – Portugal (Parte 2)

Oi gente!

Para o outro post não ficar enorme, resolvi dividi-lo em duas partes. Então bora continuar a viagem!
Na segunda manhã em Lisboa eu fui conferir a Feira da Ladra (diz a lenda que nessa feira se vendia objetos roubados), que fica bem ao pé do Panteão Nacional.

Na verdade não gostei muito da feira, já que tinham várias tranqueiras sendo vendidas a preço de turista, mas é interessante para procurar coisas diferentes, como insetos coloridos conservados em cubinhos (isso mesmo) e algumas velharias.

feira da ladra

IMG_6780 IMG_6782

Eu fui na primavera, mas os dias já estavam dignos de verão. O Castelo de São Jorge era ali pertinho, mas estava tão quente e tinha taaanta ladeira para chegar até lá que resolvemos pegar um taxi. O total deu 4 euros, e como éramos 3 valeu muito a pena se render ao sedentarismo por alguns minutos!

O castelo é basicamente ruínas, mas é bem interessante e tem uma vista linda da cidade.

IMG_6783

A Praça do Comércio vista de cima!

IMG_6784

Lá no fundo a ponte do mesmo arquiteto da ponte de São Francisco e o mini Cristo Redentor!IMG_6802IMG_6808IMG_6847IMG_6833IMG_6846IMG_6859 IMG_6849

E esses pavões enormes que ficam gritando das árvores? Uma loucura.

IMG_6817

Olha o Castelo visto de um dos lindos miradouros de Lisboa!

IMG_6864

Descemos do Castelo, e depois de caminhar um pouco seguimos para esse Miradouro e terminamos num japonês baratinho com cerveja liberada!

No outro dia fomos conhecer Belém! Um bairro um pouquinho mais afastado, onde ficam a Torre de Belém, o Padrão dos Descobrimentos, o Mosteiro dos Jerônimos e os famosos pastéis de Belém!! Ou seja, vale mesmooo a visita.

Começamos a turistar pela Torre de Belém, que é pequenininha e com vários lugares com o pé direito bem baixo, me senti em casa!! Tudo sob medida. 😀

IMG_6875 IMG_6884 IMG_6888-2 1

Como as escadas são estreitas, é preciso esperar a sua vez de subir ou descer.

IMG_6915 IMG_6925 copyIMG_6917 IMG_6919

Como já deu pra ver na foto aqui em cima, o Padrão do Descobrimento daqueles que invadiram nossa casa e acharam que tinham algum direito é bem ali do lado.

IMG_6928 IMG_6933

IMG_6940 IMG_6938

A esse ponto do dia já estávamos morreeendo de fome, então fomos correndo para os pastéis de belém. Gente, que coisa maravilhosa é essa. Sdds doces portugueses.

IMG_6944 belem

E por último mas não menos importante, o Mosteiro dos Jerônimos!!
Ele é com certeza um dos lugares mais lindos que eu já fui! Juro que fiquei emocionada ao entrar lá.

IMG_6941  IMG_6943 IMG_6950

(O refeitóriozinho deles)

IMG_6954

IMG_6970

m2

Saímos de lá e pegamos um trem até a Praia de Carcavelos para aproveitar o resto do sol. A água estava beeeem gelada, mas quem cresceu indo às praias de Arraial do Cabo e nadando na piscina do Flamengo não pode reclamar de uma água geladinha. Então encarei assim mesmo. ❤

praia

De noite aproveitei para matar as saudades dessa babi linda maravilhosa que também estava dando as caras por Lisboa!

babi

Do dia seguinte só tem foto de comida mesmo. Não dava para sair de Portugal sem comer um bom prato de bacalhau né?? (Essa nega aqui de cima encarou até os caracóis!)

comida

comida2

E, para encerrar, mais uma foto cheia de amor! ❤ ❤ ❤

babi2

Me empolguei com as fotos mas Lisboa é linda demais então dá vontade de postar tudoooo!
Até a próxima!

Lisboa – Portugal (Parte 1)

Já deu pra perceber que Lisboa é um dos destinos prediletos aqui no blog. A babi já fez outros 3 posts sobre lá, mas sempre tem um pouco mais para falar dessa cidade lindaaaaa! E agora é a minha vez de opinar e dar dicas! 🙂

Lisboa é um pouquinho do centro do Rio com as ladeiras de Minas e ruas bem mais amplas! É impossível não se sentir em casa com as pedras portuguesas e sua língua mãe em todos os cantos.

Eu cheguei em Lisboa lá pelas 21h, mas já fui arrastada pra sair. Ir do aeroporto para o centro da cidade é muito fácil, já que o metrô (em pt de Portugal “métro”) tem uma estação lá mesmo.

A vida noturna de Lisboa é muito intensa, e cheia de festas do Erasmus (programa de intercambio europeu). É só procurar um pouquinho que já se encontra um lugar pra sair! Resolvemos ir em uma boate chamada Urban Beach, mas chegando lá os seguranças encrencaram com o coque samurai de um dos meninos e resolveram que não estava de acordo com as normas da boate (mas gente, wtf). Apesar disso logo arrumamos outro lugar pra sair, não falta opção! E taxi lá é baratinho, dividindo sai o mesmo preço de ônibus.

No dia seguinte fui dar uma voltinha por Sintra para conhecer os arredores e o Palácio da Pena, que a babi já fez até post! É lindo demais!

IMG_6590

Na volta para Lisboa também conheci a Boca do Inferno, no litoral.

IMG_6620 IMG_6624 IMG_6627 IMG_6632

O roteiro por Lisboa mesmo foi minha amiga intercambista que fez especialmente para mim! ❤

Começamos andando do shopping El Corte Inglés até o Jardim Eduardo VII, e de lá para a Praça do Marquês de Pombal e Avenida da Liberdade.

IMG_6633IMG_6637
IMG_6643IMG_6667
IMG_6672IMG_6676IMG_6678IMG_6680IMG_6681
IMG_6684

Depois de tirar fotos com o bondinho, seguimos para estação do Rossio (uma das mais lindas da vida) e fomos comer um arroz e feijão com guaraná na rua ao lado. ❤

IMG_6690IMG_6699 IMG_6700

Logo em frente a essa estação está a Praça do Rossio, que estava toda lilás!

IMG_6703 IMG_6708 IMG_6718 IMG_6704

Ali perto, na Rua da Betesga, fica a Confeitaria Nacional, onde comi A MELHOR TORTA DE LIMÃO DO MUNDO. E olha que já provei várias por aí! Aliás, fazer dieta em Portugal é uma missão quase impossível!

IMG_6725-2 IMG_6728 torta de limao confeitaria

Nosso último destino foi a Praça do Comércio!

IMG_6729 IMG_6732 IMG_6733 IMG_6736 IMG_6746

E para encerrar o dia, uma limonada com hortelã nas margens do Rio Tejo!
(Encerrar?? Com esse sol?)

IMG_6748IMG_6753
IMG_6756

IMG_6767

O resto da viagem vem em outro post porque ainda falta muuuuita coisa!
Até mais!

Lagos – Algarve, Portugal

Lagos – Algarve, Portugal

Fala gente!! Quando se pensa em praia em Portugal, logo se pensa na região do Algarve. Conhecido por seus invernos amenos e curtos e verões longos, quentes e secos, pelas as águas calmas e não tão geladas (um dos mares mais “quentes” da Europa) e pelas suas paisagens paradisíacas naturais. algarve-webmap A região possui várias cidadezinhas, como vocês podem ver no mapa acima e os turistas preferem alugar um carro pra poder facilitar o acesso e curtir cada uma delas. Como alugar um carro iria sair um pouco caro para o meu orçamento, decidi arriscar e ir de ônibus mesmo. Nos hospedamos em Lagos, que tem as praias mais bonitas, assim, caso não conseguíssemos conhecer as outras cidades, a viagem já teria valido a pena. Pegamos o autocarro (ônibus) em Lisboa. A estação rodoviária e a ferroviária ficam na estação de metro Jardim Zoológico e os horários da viagem vocês podem checar aqui. Os bilhetes de ida e volta foram 30 euros, cada. Ficamos no Ocean View Hostel. Apesar de um pouco distante da praia (uns 30 minutos andando) valeu super a pena. Pagamos por um quarto compartilhado, mas chegando lá, eles nos colocaram num quartinho com uma beliche só pra nós dois, com varanda e tudo! Uma delícia. Mas o que valeu mesmo foi o café da manhã, que estava incluso. Com pães feitos na casa, frios, geleias, frutas, café e suco. A diária foi por volta dos 13 euros. A cozinha não era liberada para os hóspedes, mas isso não era um problema, pois a noite eles serviam um jantar MARAVILHOSO por apenas 5 euros. Uma comidinha caseira, que podíamos servir o quanto quiser. Comíamos na área comum, junto com os donos do Hostel, um casal simpático, e sua filha pequena. Um ambiente bem familiar. Não era permitido também trazer bebidas de fora para consumir dentro do hostel, mas eles vendiam tudo lá dentro, por um preço bem similar ao do mercado. Além disso tinha piscina, sala de jogos com sinuca e totó, bar e uma área com redes. 10624676_1516870145230404_3008993940893427320_n 10847787_1516870338563718_5260592026898300469_n As praias de Lagos são de fácil acesso. Uma vez que você chega em uma, é tranquilo ir para as outras. São todas uma do lado da outra e não há necessidade de carro ou transporte público para chegar em cada uma delas. Mas se for o caso, taxi por lá também não é muito caro. Começamos a explorar pela praia da Batata, que fica mais próxima do centro histórico da cidade e depois seguimos para as outras. Você desce uma escadaria e o cenário muda completamente. Nem parece que estamos próximos do centro. As praias são bem diferentes das daqui do RJ. Não há nenhum tipo comércio, então prepare uma bolsa com lanches e água. IMG_4140 IMG_4155 Pra chegar na praia ao lado basta passar por uma grutinha. Ela tem uma ponte ligando duas de suas pedras, que dá de cenário pra muitas fotos bonitas.

IMG_4168 2

A areia de lá é repleta de conchas e pedrinhas lindinhas IMG_4177 2 IMG_4190 IMG_4192 2 IMG_4189 IMG_4194 2 IMG_4207 IMG_4214

Depois dessa, pra seguir pras outras praias é preciso voltar pra Batata e subir as escadas de novo. E então, seguir uma trilha muito linda, que dá pra ver toda a orla por cima. IMG_4230 Uma das praias mais famosas de Lagos é a Praia da Dona Ana. Infelizmente, fomos na época em que ela estava fechada para aterramento, então só pudemos vê-la de cima mesmo. Mas seguimos pra próxima, que é a Praia do Camilo, que foi a minha favorita da viagem. Ela tem menos pedras na beirada, então é melhor para nadar. Tem também muitas grutas e pedras mas pro fundo que dão pra ser exploradas. IMG_4244 DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO IMG_4259 2 Resolvemos passar o resto do dia nela e deixar as outras pros outros dias. No dia seguinte, começamos nossa jornada pela outra ponta, pela Praia do Porto de Mós. Ela é bem extensa. No início tem um barzinho e muitas barracas, lembra um pouco mais as praias daqui. Mas se você vai caminhando, vai descobrindo falésias incríveis e cantinhos escondidos por pedras, que alguns turistas até arriscam um nudismo. IMG_4339_2 IMG_4329 IMG_4323 2 IMG_4316 2 IMG_4310 IMG_4305 2 IMG_4292 Saímos de lá e fomos caminhando pela estrada até o Farol da Ponta da Piedade. Lá não tem areia pra ficar, mas se você quiser tem muitos passeios de barco ou de caiaque para conhecer as grutas. Também tem uma área com umas trilhas que tem a vista maravilhosa. Eu não fiz os passeios, mas aproveitei o mirante. IMG_4354 2 IMG_4368 2 IMG_4373 2 Depois fomos até o centro histórico, conhecer, e sinceramente, não vi nada demais por lá, além de lojinhas e restaurantes. No dia seguinte, já que já tínhamos conhecido toda costa de Lagos, resolvemos arriscar, mesmo sem carro, e conhecer outras cidades do Algarve. Pegamos um trem na estação até Albufeira. O bilhete não custou mais do que 5 euros e a viagem durou cerca de uma hora. Ao chegar na estação de lá, tivemos que pegar dois ônibus até o centro. Claro que a praia do centro não nos interessava. Ela não era tão bonita assim e parecia muito com as praias daqui do Brasil. O que nós não estávamos esperando, era que pra chegar nas praias legais, teríamos que viajar de carro uns 30 minutos, e não tinha transporte público até lá. DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO Paciência, passamos o dia na praia sem graça mesmo. Pra quem vai com mais dinheiro, a praia oferece várias atrações legais como banana boat, caiaque, e até aqueles voos com paraquedas amarrados em barcos. A viagem serviu pelo menos pra catar  essas conchas GIGANTES, hahaha. IMG_4387 IMG_4388 2 Mesmo não dando pra conhecer as outras cidades, foi muito bom ter conhecido Lagos. E vocês? Conhecem alguma outra cidade do Algarve? Conta pra gente nos comentários! 🙂 Beijinho! Até a próxima!

Porto – Portugal

Olar viajantes! A cidade de Porto é sinônimo de comida boa, gente simpática e uma beleza inenarrável.

IMG_3983

Há muitas maneiras de se chegar no Porto, seja autocarro (ônibus), comboio (trem) ou até mesmo avião. Sempre vale a pena olhar todas as possibilidades, preços e quanto tempo leva o trajeto, para você agendar seu roteiro da melhor maneira possível. A nossa velha Ryanair de guerra sempre oferece preços impedíreis, e acabou que eu consegui comprar bilhetes pelo mesmo valor do ônibus, só que ao invés de demorar 4 horas pra chegar, demorei apenas 50 minutos. YEAH!

Primeiramente, gostaria de indicar o Hostel que ficamos, o Spot Hostel. Eu simplesmente amei a localidade, os aposentos, os stafs e o preço! Com uma caminhada de no máximo 10 minutos já estamos no coração de Porto. Além disso, estava incluso café da manhã, com pães, queijo, presunto, café, leite, cereal e etc. Eles também oferecem janta que é sempre alguma comida típica, por um preço bem bacana, fazem walking tour e até pub craw.
02 03 013 016

Fotos do Site

Bom, chegamos na cidade por volta de 13:00 e depois de nos instalarmos, saímos a procura de algum lugar pra comer, com um desejo insano de sardinha e/ou bolinhos de bacalhau. Hahahaha.
Enquanto procurávamos, fomos dar um rolé pra conhecer a cidade. No caminho, demos de cara com a famosa Estação do São Bento. Esta charmosa estação ferroviária, funciona desde 1896 e tem seu exterior e interior todo decorado com azulejos. É linda de se ver.

IMG_3921 2 IMG_3929 IMG_3918 IMG_3913 2

DCIM100GOPRO

Aproveitamos também pra entrar em várias lojinhas bonitinhas pelo caminho.

IMG_3948 IMG_3950 IMG_3953 IMG_3954 IMG_3965 2 IMG_3968 2 IMG_3969 2 IMG_3970

A cidade é mesmo um charme. Daquelas que “saem bem na foto” 😉
IMG_3936 2 IMG_3933 2 IMG_3973 IMG_4008 IMG_3980 IMG_3999 2 IMG_3989 2 IMG_3996  IMG_4007 2 IMG_4009_2 IMG_4011 2

Olha como o trilho do trem parece uma montanha russa!

IMG_4016 2

Seguindo uma dica do Foursquare, atravessamos a ponte e sentamos num bar na zona ribeirinha chamado “Taberninha do Manel”. Além de cerveja gelada e bolinhos de bacalhau deliciosos, o barzinho oferece uma vista privilegiada do rio Douro e de Porto.

IMG_4035 2 IMG_4029 IMG_4020_2 IMG_4023 2 IMG_4019 2

O local não era lá muito baratinho, mas também não era caro. Cada bolinho custou 1 euro e essa caneca de um litro de cerveja custou 6 euros. Deu pra matar a vontade e valeu pela vista.

IMG_4027 2

O bar é uma gracinha por dentro também. Pra ver mais fotos só entrar no site oficial.

Claro que saímos de lá com fome, então, atravessamos a ponte outra vez e paramos num barzinho bem fuleira chamado Prioridade, também na zona da Ribeira (Rua da Lada, 76/ 78). Fomos super bem atendidos. Pedimos um prato de sardinhas e uma cerveja pequena. Pagamos 11 euros cada.
11335798_10153343486462042_335901913_n
Estava uma delícia! Eu nunca tinha comido dessas bem pequenininhas. Adorei pois ficam bem crocantes.

Saímos de lá e o “entra em beco sai em beco” começou. Começamos a explorar cada ruazinha da cidade e desvendar cada passagem mágica e esquinas misteriosas que havia por lá.

IMG_4081 IMG_4073_2 IMG_4082 2 IMG_4087_2 IMG_4094 2

E encontramos muitos gatinhos de rua ❤

IMG_4045 2 IMG_4058 2 IMG_4061 IMG_4062 2

À noite, compramos uns vinhos e bebemos no hostel mesmo. Estávamos tão satisfeitos com o almoço, que nos esquecemos de comprar algo pro jantar. Não deu outra e ficamos com fome outra vez. O problema era que nenhum lugar de pizza estava entregando mais, pois já passava das 23:00.

Foi aí que uma intervenção divina materializou duas meninas carregando quentinhas. Hahahaha. Fomos logo perguntar aonde elas conseguiram comprar algo aquela hora e advinha? Elas falaram que não queriam mais o prato pois era “too fat” (muito gordo). Acabou que no prato tinham duas francesinhas, um sanduíche típico do Porto, que nada mais é do que pão coberto de queijo, recheado de muitas carnes linguiça, salsicha fresca, fiambre, carnes frias, bife de carne de vaca, ovo e por cima, um molho picante. Ou seja. GORDO! Além disso tudo, ainda tinha batata frita. Ou seja, MAIS GORDO. Eu confesso que não curti muito. Achei muita carne, muito gosto junto e etc. Mas meu amigo gostou. E talvez, devido as circunstâncias, aquela não teria sido a melhor francesinha para se comer no Porto. Mas deu pra matar a fome, e como!

Francesinha_@_Ar_do_Rio

Foto do Google

No dia seguinte, fomos conferir a famosa Livraria Lello, considerada uma das mais bonitas do mundo. Como se não bastasse, ela ainda foi cenário de uma das cenas de Harry Potter. Incrível né? Ela funciona desde 1881 e o prédio é todo ao estilo Neogótico. Outra curiosidade é que o interior, que parece madeira, na verdade é gesso pintado.

Infelizmente tirar fotos la dentro era algo difícil, devido a quantidade de gente. Mas até que essa aqui em baixo ficou boa, né?
IMG_4101

760819

Foto do Google

livraria-lello-e-irmão-wikimedia-9

Foto do Google

Saímos de lá encantados e fomos visitar a Torre dos Clérigos, que é alí pertinho também. Custa 3 euros, para subir e ver a exposição, que na minha opinião é bem bobinha, mas a vista definitivamente vale a pena. Agora, prepare as pernas, pois são quase 200 degraus para chegar ao topo.

Screen Shot 2015-05-25 at 6.14.05 AM

Foto do Google

IMG_4116 2

Vista lá de cima

IMG_4119 2

Reflexo da cidade nos meus óculos ❤

Resolvemos ir até os Jardins do Palácio de Cristal, porque o Jean queria fotografar os pavões que tem lá. No caminho, passamos no McDonalds na avenida Aliados, que o mais bonito do mundo. Ele foi inaugurado em 1995 e antes disso, encontrava-se o Imperial Café, um edifício histórico emblemático dos anos 30.
cafs-do-porto-slideshow-antes-e-depois-13-728

Fonte

Porto_Portugal_September_2010_5329612717

Foto do Google

MacDonalds-Porto-restaurant-565x300

Foto do Google

Chegamos nos Jardins do Palácio de Cristal, demos uma voltinha, achamos o pavão (que não abriu a cauda pra gente 😦 ) e fomos logo embora. Estava um calor desgraçado e ainda estávamos morrendo de fome.

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

IMG_4123

Foi aí que paramos num restaurantezinho que o mundo precisa conhecer!!! Chama-se Cafeteria Del Rei e fica na avenida da entrada do Jardim. Nós comemos nada mais nada menos do que, um prato de sopa, pão, um prato de carne de porco, arroz, e batata, uma bebida pra acompanhar e depois tomamos um café. Tudo por 5 euros.

11263745_10153343486552042_2108363798_n 11352197_10153343486562042_1492214851_n

Depois disso, voltamos pro hostel pra descansar até dar a hora de ir pro aeroporto.

Foi muito bom conhecer Porto e um dia e meio foi super suficiente para conhecer os principais pontos da cidade. E ai? O que acharam? Conhecem alguma outra cidade bacana de Portugal? Conta pra gente nos comentários! 🙂

Fotos : Jean Cesca

Beijinhos, até a próxima !