Porto – Portugal

Olar viajantes! A cidade de Porto é sinônimo de comida boa, gente simpática e uma beleza inenarrável.

IMG_3983

Há muitas maneiras de se chegar no Porto, seja autocarro (ônibus), comboio (trem) ou até mesmo avião. Sempre vale a pena olhar todas as possibilidades, preços e quanto tempo leva o trajeto, para você agendar seu roteiro da melhor maneira possível. A nossa velha Ryanair de guerra sempre oferece preços impedíreis, e acabou que eu consegui comprar bilhetes pelo mesmo valor do ônibus, só que ao invés de demorar 4 horas pra chegar, demorei apenas 50 minutos. YEAH!

Primeiramente, gostaria de indicar o Hostel que ficamos, o Spot Hostel. Eu simplesmente amei a localidade, os aposentos, os stafs e o preço! Com uma caminhada de no máximo 10 minutos já estamos no coração de Porto. Além disso, estava incluso café da manhã, com pães, queijo, presunto, café, leite, cereal e etc. Eles também oferecem janta que é sempre alguma comida típica, por um preço bem bacana, fazem walking tour e até pub craw.
02 03 013 016

Fotos do Site

Bom, chegamos na cidade por volta de 13:00 e depois de nos instalarmos, saímos a procura de algum lugar pra comer, com um desejo insano de sardinha e/ou bolinhos de bacalhau. Hahahaha.
Enquanto procurávamos, fomos dar um rolé pra conhecer a cidade. No caminho, demos de cara com a famosa Estação do São Bento. Esta charmosa estação ferroviária, funciona desde 1896 e tem seu exterior e interior todo decorado com azulejos. É linda de se ver.

IMG_3921 2 IMG_3929 IMG_3918 IMG_3913 2

DCIM100GOPRO

Aproveitamos também pra entrar em várias lojinhas bonitinhas pelo caminho.

IMG_3948 IMG_3950 IMG_3953 IMG_3954 IMG_3965 2 IMG_3968 2 IMG_3969 2 IMG_3970

A cidade é mesmo um charme. Daquelas que “saem bem na foto” 😉
IMG_3936 2 IMG_3933 2 IMG_3973 IMG_4008 IMG_3980 IMG_3999 2 IMG_3989 2 IMG_3996  IMG_4007 2 IMG_4009_2 IMG_4011 2

Olha como o trilho do trem parece uma montanha russa!

IMG_4016 2

Seguindo uma dica do Foursquare, atravessamos a ponte e sentamos num bar na zona ribeirinha chamado “Taberninha do Manel”. Além de cerveja gelada e bolinhos de bacalhau deliciosos, o barzinho oferece uma vista privilegiada do rio Douro e de Porto.

IMG_4035 2 IMG_4029 IMG_4020_2 IMG_4023 2 IMG_4019 2

O local não era lá muito baratinho, mas também não era caro. Cada bolinho custou 1 euro e essa caneca de um litro de cerveja custou 6 euros. Deu pra matar a vontade e valeu pela vista.

IMG_4027 2

O bar é uma gracinha por dentro também. Pra ver mais fotos só entrar no site oficial.

Claro que saímos de lá com fome, então, atravessamos a ponte outra vez e paramos num barzinho bem fuleira chamado Prioridade, também na zona da Ribeira (Rua da Lada, 76/ 78). Fomos super bem atendidos. Pedimos um prato de sardinhas e uma cerveja pequena. Pagamos 11 euros cada.
11335798_10153343486462042_335901913_n
Estava uma delícia! Eu nunca tinha comido dessas bem pequenininhas. Adorei pois ficam bem crocantes.

Saímos de lá e o “entra em beco sai em beco” começou. Começamos a explorar cada ruazinha da cidade e desvendar cada passagem mágica e esquinas misteriosas que havia por lá.

IMG_4081 IMG_4073_2 IMG_4082 2 IMG_4087_2 IMG_4094 2

E encontramos muitos gatinhos de rua ❤

IMG_4045 2 IMG_4058 2 IMG_4061 IMG_4062 2

À noite, compramos uns vinhos e bebemos no hostel mesmo. Estávamos tão satisfeitos com o almoço, que nos esquecemos de comprar algo pro jantar. Não deu outra e ficamos com fome outra vez. O problema era que nenhum lugar de pizza estava entregando mais, pois já passava das 23:00.

Foi aí que uma intervenção divina materializou duas meninas carregando quentinhas. Hahahaha. Fomos logo perguntar aonde elas conseguiram comprar algo aquela hora e advinha? Elas falaram que não queriam mais o prato pois era “too fat” (muito gordo). Acabou que no prato tinham duas francesinhas, um sanduíche típico do Porto, que nada mais é do que pão coberto de queijo, recheado de muitas carnes linguiça, salsicha fresca, fiambre, carnes frias, bife de carne de vaca, ovo e por cima, um molho picante. Ou seja. GORDO! Além disso tudo, ainda tinha batata frita. Ou seja, MAIS GORDO. Eu confesso que não curti muito. Achei muita carne, muito gosto junto e etc. Mas meu amigo gostou. E talvez, devido as circunstâncias, aquela não teria sido a melhor francesinha para se comer no Porto. Mas deu pra matar a fome, e como!

Francesinha_@_Ar_do_Rio

Foto do Google

No dia seguinte, fomos conferir a famosa Livraria Lello, considerada uma das mais bonitas do mundo. Como se não bastasse, ela ainda foi cenário de uma das cenas de Harry Potter. Incrível né? Ela funciona desde 1881 e o prédio é todo ao estilo Neogótico. Outra curiosidade é que o interior, que parece madeira, na verdade é gesso pintado.

Infelizmente tirar fotos la dentro era algo difícil, devido a quantidade de gente. Mas até que essa aqui em baixo ficou boa, né?
IMG_4101

760819

Foto do Google

livraria-lello-e-irmão-wikimedia-9

Foto do Google

Saímos de lá encantados e fomos visitar a Torre dos Clérigos, que é alí pertinho também. Custa 3 euros, para subir e ver a exposição, que na minha opinião é bem bobinha, mas a vista definitivamente vale a pena. Agora, prepare as pernas, pois são quase 200 degraus para chegar ao topo.

Screen Shot 2015-05-25 at 6.14.05 AM

Foto do Google

IMG_4116 2

Vista lá de cima

IMG_4119 2

Reflexo da cidade nos meus óculos ❤

Resolvemos ir até os Jardins do Palácio de Cristal, porque o Jean queria fotografar os pavões que tem lá. No caminho, passamos no McDonalds na avenida Aliados, que o mais bonito do mundo. Ele foi inaugurado em 1995 e antes disso, encontrava-se o Imperial Café, um edifício histórico emblemático dos anos 30.
cafs-do-porto-slideshow-antes-e-depois-13-728

Fonte

Porto_Portugal_September_2010_5329612717

Foto do Google

MacDonalds-Porto-restaurant-565x300

Foto do Google

Chegamos nos Jardins do Palácio de Cristal, demos uma voltinha, achamos o pavão (que não abriu a cauda pra gente 😦 ) e fomos logo embora. Estava um calor desgraçado e ainda estávamos morrendo de fome.

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

DCIM100GOPRO

IMG_4123

Foi aí que paramos num restaurantezinho que o mundo precisa conhecer!!! Chama-se Cafeteria Del Rei e fica na avenida da entrada do Jardim. Nós comemos nada mais nada menos do que, um prato de sopa, pão, um prato de carne de porco, arroz, e batata, uma bebida pra acompanhar e depois tomamos um café. Tudo por 5 euros.

11263745_10153343486552042_2108363798_n 11352197_10153343486562042_1492214851_n

Depois disso, voltamos pro hostel pra descansar até dar a hora de ir pro aeroporto.

Foi muito bom conhecer Porto e um dia e meio foi super suficiente para conhecer os principais pontos da cidade. E ai? O que acharam? Conhecem alguma outra cidade bacana de Portugal? Conta pra gente nos comentários! 🙂

Fotos : Jean Cesca

Beijinhos, até a próxima !

Euro Trip – Londres

Último post da viagem (aaaaaah 😦 ) Demorou mas saiu! Mas não fica triste não, que daqui a alguns dias a Cacau vai postar muitas novidades de muitas outras cidades pra vocês! Bom, chegar em Londres foi meio sufoco. Saímos de Amsterdam de trem e fomos até Bruxelas para poder pegar outro trem até Londres. Até aí tudo bem. Chegamos em Bruxelas com hooooras de antecedência e resolvemos esperar na praça de alimentação enquanto não dava a hora da viagem. Nosso bilhete (que estava escrito em holandês) nos informava que o trem sairia da plataforma 1 as 7:30. Deu 6:30 e nos levantamos a procura da plataforma 1. O que nós não esperávamos era que a plataforma 1 estava mais escondia do que a 9 3/4 do Harry Potter. Ninguém sabia dizer aonde era e não tinha nenhuma placa informando. Depois de um bom tempo procurando, descobrimos que os trens com destino a Londres têm uma “plataforma especial”, com imigração e tudo! Quando finalmente conseguimos chegar ao local (que mais parecia uma lojinha de souvenirs) , fomos informados que não poderíamos embarcar pois viagens para Londres têm que chegar “meia hora mais cedo” para passar pela imigração e fazer o check in e que a polícia federal já havia ido embora. Ficamos “p” da vida!!! Esperamos mais de 4 horas pra no final não pegar o trem?? Tentamos argumentar, falar com o gerente, com o chefe, com o papa, mas ninguém podia fazer nada (e como eu disse em posts anteriores, pessoas que trabalham em estação de trem estão sempre de mal com a vida). O próximo trem sairia só na manhã seguinte, nos obrigando a passar a noite na estação ( o que era muito perigoso segundo os próprios funcionários de lá) ou arranjar um quarto de hotel barato. Deu no que deu. Lá fomos nós, de mala e cuia rodar a cidade à noite, com chuva a procura de um hotel com um preço em conta. Sendo que nossa internet não estava pegando e ainda estávamos com bateria fraca. Qualidade total! (y) Achamos um hotel qualquer e passamos a noite por uns 50 euros. No dia seguinte partimos finalmente para o nosso destino final: London!!! Chegamos lá moooortos, mas nada mais abalaria a gente. Nosso hotel era um pouco afastado e tínhamos que pegar um ônibus até lá. Para usar qualquer transporte em Londres, você tem que comprar o Oyster Card. Uma espécie de bilhete único. Lá não aceita outra coisa, então você é obrigado a comprar. O cartão custa 5 pounds que são reembolsados se você devolver o cartão no final da viagem e você pode recarregar em máquinas que ficam dentro dos Undergrounds.  Ficamos no hotel Qbic. Lá é maravilhoso! A decoração é super bacana e os funcionários muito simpáticos. Tinha até máquina de café grátis em cada andar. Top demais. Sem falar que ficava a alguns passos do Metrô, tornando o passeio pela cidade ainda mais fácil.

hotel1 01-Qbic_Smart_Room_No_View_LowRes

(fotos do site)

Como chegamos mortos, depois do café da manhã caímos nessa cama maravilhosa e dormimos muito. À noite resolvemos checar o famoso Big Ben e o London Eye. IMG_0605 IMG_0607 Essa coisa louca era pra ser o Big Ben. Não saiu como o esperado mas eu me amarrei no efeito! IMG_0618 413493

(foto do Google)

Continuar lendo “Euro Trip – Londres”

Meu primeiro fim de semana na Irlanda

Flag

Oi gente! Andei desaparecida aqui porquê estava organizando minhas coisas para meu intercâmbio na Irlanda. Agora que já aterrissei em terras verdes, posso contar um pouquinho pra vocês do meu primeiro fim de semana aqui.

IMG_0353

Sábado fui com o curso de inglês para o lado de Galway Bay, conhecer os famosos Cliffs of Moher de um jeitinho bem diferente: Pelo mar! Pegamos um barquinho tipo de pescador no Dooling Pier e seguimos por uns 30 minutos até os Cliffs. O dia começou super acinzentado, mas como é comum aqui, logo depois, o tempo abriu e ficou um dia MARAVILHOSO para um passeio em alto mar.

Cliffs of Muher

Foi realmente incrível! É emocionante ver obras da natureza como essa.

IMG_0346

Um fan fact sobre os Cliffs, é que foi lá que foram gravadas as cenas do Harry Potter 6, em que ele e o Dumbledore entram numa caverna no meio do mar a procura de uma das Horcruxes. Então para os fans do bruxo e de uma bela paisagem, esse lugar definitivamente é imperdível!

Logo após seguimos nossa viagem para a ilha de Inis oirr que é uma coisa fofa!! Muito calma e cheia de famílias com crianças curtindo um dia de sol! Para os que não sentem frio rola até dar um mergulho. Você pode alugar uma bike ou fazer um passeio de charrete. É tudo num preço acessível, nada de preço para turista.

IMG_0408

Mas para mim o mais incrível são as ruínas do O’Brien fort, que você pode escalar e admirar vista de toda a ilha de um ângulo privilegiado.

IMG_0467

IMG_0503

IMG_0437

Na volta paramos um pouquinho na cidade de Lahinch, para contemplarmos o por do sol na praia. Ficamos apenas 40 minutos mas eu definitivamente voltarei lá pra poder curtir mais, pois ela me pareceu bem gostosa, com surfistas, crianças, além das lanchontes e pubs num clima mais litorâneo.

IMG_0548

Espero que eu tenha conseguido passar um pouquinho de como foi meu maravilhoso sábado para vocês e agora estarei por aqui postando coisas legais sobre a Irlanda e também sobre a Europa

🙂