Inspiração Tattoo – Livros

Como já deve ter dado para perceber, eu e babi somos loucas por tattoos!
E uma das coisas que eu tenho vontade de tatuar é um livro, mas a maioria dos desenhos que vejo são um pouco sem graça.
(Quando eu digo livro, é livro mesmo hahaha não desenhos ou frases inspiradas em livros.)
Procurando por aí encontrei várias tattoos que me animaram, e resolvi compartilhar com vocês!

1

 

Mágico!

 

2

Essa combinação é fofa demais. ❤

3

 

4

 

Classy!

5

 

NICE.

6

7

8

 

Ótima combinação! 🙂

9

Essa é provavelmente a minha preferida. Sério, que tatuagem maravilhosa!!

10

aleksey platunov

 

Tattoo delicadinha do tatuador russo Aleksey Platunov.

axel ejsmont tattoo

 

Simples mas fofa, Axel Ejsmont Tattoo.

lindo lindo2

 

E pra quem prefere um estilo aquarelado ficam essas três!

tania catclaw

via miamitattooshop

via https://www.flickr.com/photos/miamitattoo/

tattope

via http://thingsjennawants.tumblr.com/post/56007673666/current-obsession-watercolor-tattoos

Até mais!

Anúncios

Primeiras tattoos!

Lembram que eu falei que ia fazer uma tatuagem?
Bem, acabei fazendo duas! E vou mostrar pra vocês como ficou e explicar os significados. 🙂

A primeira foi um peixinho inspirado no estilo tattoo de origami, em homenagem a minha família de peixinhos!

4 fotos

Meu pai adorava surfar e nadou durante muito tempo, o que incentivou eu e meu irmão a nadarmos também! Eu acabei indo pro nado sincronizado, onde aprendi muita coisa e influenciou demais na minha personalidade. Além de ter passado minha infância e pré adolescência em arquibancadas de clubes, competindo ou torcendo. E minha mamãe se descobriu aventureira e se meteu por várias águas por aí, inclusive nadando com tubarões e tartarugas!

A segunda tatuagem foi uma mensagem que meu pai escreveu pra mim quando passei pra UFRJ. Era véspera do meu aniversário e foi um presentão! Ficamos todos muito felizes.

dad

Que saudade do meu velho. ❤
(Sim, eu tenho um book de 15 anos! Hahaha)

Não vou dizer que as tatuagens não doeram, mas não foi nada terrível. A do braço quase não doeu, mas algumas linhas da do pulso foram bem desconfortáveis. Fiz as duas com o Múmia da Art Factory em Ipanema!

Bem, agora vamos às fotos!

ameiIMG_4786 IMG_4798.edit

IMG_4801

IMG_4827

IMG_4828

amei2

IMG_4855 IMG_4860

Quem tirou as fotos foi a maravilhosa fotógrafa estreante Ana. ❤
VALEU GATA.

IMG_4866

Tattoo – Homenagem

Oie 🙂

Nem todo mundo sabe, mas eu perdi o meu pai em dezembro do ano passado, e decidi fazer uma tatuagem para nunca esquecer do apoio que ele sempre me deu. E eu finalmente marquei a tattoo!
Tive mil ideias de desenhos, mas acabei decidindo fazer só o texto de um bilhetinho lindo que ele me deu.
A ideia era fazer o post só depois que eu tatuasse, mas eu to tão empolgada com essa pesquisa de imagens que resolvi postar logo hahahah.

Claro que qualquer tatuagem pode ser uma homenagem, desde que tenha um significado para você. Mas eu procurei juntar umas imagens que tivessem um significado mais “evidente”.

Espero que gostem das inspirações!

tattoo1  tattoo2

 

Não preciso nem falar o quão apaxionada eu estou por essa tatuagem aqui embaixo, né? ❤

by Audrey Hermanstadt

 Audrey Hermanstadt tattoo

 

Cameo tattoo - Sarah B Bolen, Berlin

 Sarah B Bolen tattoo

 

20

18

4

1

tree times

Clica aqui pra ver o significado dessa tattoo, é bem fofinho!

 

meet

 

peixe

Essa tattoo é da Verônica Antunes, em homenagem ao pai dela que era mergulhador.
O peixinho foi o primeiro presente que ele deu para ela, e o texto é de Yellow, do Coldplay.

HC

Hamish Clarke tattoo

wiwh

Tattoo da Virginie Oudin

tt

via http://www.thecluelessgirl.com

Para ler mais sobre tatuagem aqui no blog é só clicar aqui!

Trabalhando o lado direito do cérebro

Oi gente! Pra quem não sabe eu estudo Design de Produto e no momento estou fazendo intercâmbio na Universidade de Limerick, na Irlanda. Dentre as muitas matérias que eu estudo, uma delas me pediu pra que eu criasse um blog com comentários sobre o que foi dado em aula. Aproveitando o embalo, vou passar a publicar aqui a versão traduzida dos textos que eu enviar pro blog da matéria. 🙂

365c00b906519d4a54650a19537ac906

“Você se lembra de quem era, antes do mundo dizer quem você deve ser?”

A aula de hoje foi sobre Criatividade. Mas o que isso significa? Algumas pessoas dizem que todo mundo nasce criativo e, depois de alguns anos, nos sentimos bloqueados, e apenas uma pequena parte das pessoas continua a exercer a sua criatividade. A sociedade nos muda, a nossa auto-crítica se torna maior e nós simplesmente paramos de criar. Dessa forma, como buscar inspiração e da onde essa criatividade vem?

Antes de tudo, nós temos que encontrar o que estimula o nosso fluxo criativo. Você se sente mais inovador quando ouve música ou procura imagens? Talvez se mexer pode ajudá-lo com isso, ou até mesmo uma textura ou sabor. Talvez uma pessoa influente, ou alguém que você admira …?
Depois de encontrar o que move seu lado produtivo, você precisa encontrar o que pode inibi-lo. E é tão fácil de interromper o fluxo criativo,  que você precisa aprender a fugir dos seus próprios bloqueios e ficar longe de tudo o que possa impedi-lo. Esses bloqueios podem ser emocionais, como quando colocam muita pressão sobre você, ou mesmo culturais ou religiosas. Até mesmo o seu próprio intelectual pode bloquear você, por exemplo, quando você pensa muito numa idéia e simplesmente não anda para a frente.
Nosso cérebro é uma máquina complexa e você, provavelmente, já ouviu falar sobre os seus dois lados. O esquerdo domina seus pensamentos lógicos, enquanto o direito domina os criativos. Mas, em quase toda a nossa vida, somos obrigados a trabalhar o lado esquerdo mais do que o direito.
Temos então, que começar a pensar mais com o lado criativo do cérebro, tentando estimulá-lo, olhando de forma diferente para o mundo ao nosso redor. Abrir-se a novas experiências, ler mais, ir a lugares diferentes, conhecer novas pessoas, fazer coisas que você talvez nunca faria. Não desistir tão fácil, seguir sempre em frente e estar ciente da sua própria jornada.
Um bom conselho é estar sempre preparado para criar. Carregando um caderno e um lápis com você para que  sempre possa tomar notas das ideias aleatórias que surgem durante o dia.
Não tenha medo de improvisar, quebrar hábitos ou sacudir o sistema. E lembre-se: ideias ruins são muito bem-vindas. Quero dizer, não existem más ideias. Qualquer uma pode ser melhorada e, ainda por cima, é um ótimo exercício para cérebro.

Abaixo seguem duas imagens que resumem um pouco do que eu estou falando. Mas não vou traduzi-las. Tentar entendê-las vai estimular o seu lado criativo.

 

Boa sorte 😉

neil-gaiman-quote (1)

97eccf909f53acb76bcd15c57ec157cb

 

 

Arte: “Selfless portraits das mina”

Gosta de desenhar? Pintar? Fazer esculturas, montagens? Ou quer só mesmo apreciar uma boa arte independente? Conhecer meninas legais? Se abrir? Ser feminista, ou não ser também… Então você tem que conhecer o Selfless portraits das mina!

É nada mais nada menos do que um grupo no Facebook destinado para a divulgação e troca de arte. Seja ela qual for. E você não precisa ser o Michelangelo pra isso. Bonequinho de palito vale. Rabisquinho de caderno vale. Desenho digital vale, vale tudo!

Um lugar pra compartilhar arte, se inspirar e conhecer minas muito, mas muuuuuito queridas! Lá ninguém te julga!

Eu gosto principalmente pra aprimorar meu traço. Sempre gostei de desenhar, mas nada melhor do que prática pra você melhorar ainda mais! Sem falar que têm minas tão feras que é impossível não sentir vontade de desenhar até ficar boa como elas!

Funciona da seguinte maneira, toda sexta e quarta rola um sorteio. Uma dupla de meninas é sorteada pra trocarem arte. E aí é sem pressão. Você faz no seu tempo, sem medo de ser feliz. E pra quem perdeu o sorteio, sempre vale perguntar se vai um rabisco aí? Ou se topam uma troca… Enfim, é coisa linda de se ver! Vale a pena entrar sem compromisso e deixar que a gente te inspire até você sentir segurança de lançar um desenho no Feed.

As meninas também fazem muitos desenhos lindos com ideais feministas por trás. É uma lindeza só!

Alguns desenhos das minas:

1969275_1410109645682030_5647939986964982625_n 10007062_709207225839337_2293925357457168535_n 10277444_702042869887687_2263938574991147979_n 10648624_748834155197338_639999021844311110_o 10687271_919233358105580_2430379232205243346_o 10708717_721427081244877_4231823486185266379_o

1417660_1475763086040422_6253757238600708975_o

Esses aqui fizeram de mim:

EU

946896_517019621767219_3154219954264943048_n

Esse aqui eu que fiz 😀

jaque

A Cacau participou também ó!

O que fizeram dela 🙂

1974988_10152800352391757_6312931666604763015_n

E o que ela fez!

10670194_10203951707125788_7711933853863637900_n

Vejo vocês no Grupo :*

Feira do Lavradio

Image

Dias atrás fomos, eu e cacau à Feira do Lavradio. O evento ocorre sempre no primeiro sábado do mês e com mais de 400 barraquinhas, você volta ao tempo do rio antigo, com exposições lindas que trazem uma brasilidade deliciosa. Vale a pena tirar um dia pra um programa como esse, e quem sabe também, comer pelos restaurantes e bares ao longo da rua, que deixam suas mesisnhas na calçada. Chegar é mais fácil do que parece. A rua é transversal à Mem de Sá, na Lapa. Chega lá que você vai encontrar!  E dica crucial: VÁ COM DINHEIRO! É humanamente impossível você não comprar nada, rs…

Lá se encontra de quase tudo! De discos antigos à móveis, artesanato, roupas, bijus, e por aí vai…

Uma barraquinha que me deixou louca, foi a dos lenços de cabelo. Eu estava há um tempo a procura de lenços bonitinhos pro cabelo com um preço camarada e até que eu achei os preços tranquilinhos…

Lá tinham esses turbantes fechados, que são muito estilosos e divertidos.

Image

E esses turbantes abertos, que eram basicamente o que eu procurava

Image

Esse colorido me deixou loooooooouca! Estava 15 reais, achei justo. Porém, toda via, entretanto, eu já tinha comprado um outro, preto e branco que foi 20 reais e levou todo dinheiro que eu tinha na hora (Fiz a burrice de ir lá sem dinheiro). A cacau comprou um de lacinho, da mesma estampa, muito fofo!

Image

Outra coisa que vale muito a pena conferir são os óculos… Todos os modelos possíveis e imagináveis são encontrados na feira e a maioria com um precinho suuuuper show de bola 😉 e pra quem gosta de vintage, lá têm os verdadeiros, daqueles que foram da vovó de alguém, com certeza.

Image

POTTER

Image

Uma das barracas mais divertidas é a das máscaras de couro. Elas são feitas a mão e rendem fotos muito maneiras. Custavam por volta de 50 reais…

Image

Image

Image

Tinham também artigos de circo

Image

Image

Filtro dos sonhos (Já sabem que fiquei maluca, né?)

Image

Image

Antiguidades

Image

Artesanato e muito mais!

Image

ImageImage

Image

Image

Image

Não deixem de conferir, além das barraquinhas, tinham artistas performáticos e músicos, como esse saci engraçadíssimo e essa dupla que misturava beat box com o som choroso do violino

Feira do Lavradio 124        Feira do Lavradio 113

Malika Favre

Vocês já ouviram falar da Malika Favre?

Se a resposta foi não, está na hora de conhecer!

Malika é uma desenhista francesa que vive em Londres e cria trabalhos gráficos espetaculares. Sua arte minimalista já apareceu em meios como a Folha de São Paulo, revista Piauí e, ainda, em sucessos internacionais como a coleção de beachwear da Gucci e a revista de luxo da Dolce & Gabbana  (http://www.malikafavre.com/Dolce-Gabbana) !

MalikaFavre-HideandSeek-3

ALDO_WOMEN_clean_1812

Ela conta que a sua inspiração vem de coisas simples que encontra no seu dia-a-dia, e os reflexos do seus trabalhos também aparecem no seu guarda-roupa: Malika abusa de peças coloridas e estampas gráficas, e diz ser apaixonada por sapatos!

roupa

sapatos

A artista diz que, quando mais nova, jamais teria imaginado que conseguiria esse sucesso todo, e que pretendia fazer engenharia!

Para saber mais visite o site:

http://www.malikafavre.com/