Sobre gostos e identidade

Screen Shot 2014-04-11 at 7.38.12 PM

Acho que um dos meus maiores erros da pré adolescência foi ter evitado gostos em comum com as pessoas ao meu redor. Sabe aquela necessidade de se afirmar diferente? As vezes ela pode ser uma grande bobagem. Foi isso que percebi quando as bandas que eu gostava vieram tocar na minha cidade, e eu não tinha nenhum amigo que fosse fã para me acompanhar.

Entenda que eu não estou dizendo que ter gostos diferentes seja algo ruim, mas não querer compartilhá-los por pura invejinha é um tanto infantil. Gostar das mesmas coisas que seus amigos não te transforma em um ser sem individualidade, isso apenas te dá a oportunidade de aprofundar a sua amizade, ou conhecer novas pessoas a partir dos mesmos gostos. Gostar da mesma série que seus amigos pode te levar a ter maravilhosas maratonas de série, e escutar a mesma banda pode te fazer aproveitar o melhor show da vida. Eu já fui a show sozinha, mas compartilhar a emoção de escutar sua música favorita com alguém especial ao lado não se compara.

Outra coisa que eu mudaria é não ter vergonha dos meus gostos, ou tentar restringi-los. É possível gostar de pop e metal sem ter uma crise de identidade. Ou usar preto e vestido de bolinha na mesma semana. Se estão implicando com você por causa do seu estilo, pode ser que você apenas esteja em um grupo que diferente. Mas a decisão de procurar outro círculo de amizades, ou aceitar o fato de que eles apenam pensam diferente, cabe apenas a você. E lembre-se: diferente não quer dizer melhor ou pior.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s