Dicas para Mochileiros

IMG_6369

1. Leve comida no trem!
Lá dentro costuma ser mais caro e se a viagem for noturna o vagão restaurante/lanchonete pode fechar.

2. Anote os endereços e como chegar
Ter os endereços de onde vai ficar e como chegar lá da estação de trem/ônibus/aeroporto facilita (muito) a vida. Você provavelmente vai estar cansado e louco para deixar suas malas em algum lugar, então quanto mais detalhadas as informações melhor. Lembre de botar também alguns pontos de referência.

3. Faça uma carteira de estudante internacional
Além de outros, ela dá descontos em museus e restaurantes.

4. Leve lencinhos de papel e soro fisiológico
Em alguns lugares secos o seu nariz pode sangrar bastante, nesse caso o soro vai ser seu melhor amigo. E com as mudanças de temperatura (no caso do inverno) de um lugar para o outro também vem a coriza. Carregar lencinhos de papel evita perrengues, até para se for preciso limpar/secar alguma coisa. (Isso sem comentar sobre a alergia da primavera)

5. Escolha roupas neutras e que não amassem fácil
Se estiver frio ninguém vai ver nada além da calça e do casaco mesmo, então quanto menos roupa melhor. Se você for lavar as roupas vai precisar de menos ainda. A quantidade vai depender do quanto você costuma transpirar, da temperatura no local, etc.

6. Carregue moedas!
Brasileiro tem mania de querer se livrar de tudo quanto é moeda pra não ficar com peso na carteira, mas no caso da Europa, por exemplo, você vai precisar delas para comprar tickets de metrô nas maquininhas e para entrar nos banheiros.

7. Leve uma pochete de turista.
Ter seu passaporte e dinheiro colados na sua barriga pode salvar a sua viagem. Segurança nunca é demais.

8. Mala ou Mochilão?
Essa é uma decisão pessoal, já que os dois têm prós e contras. A mala realmente é melhor para quem não consegue carregar muito peso (meu mochilão pesava 10kg), mas para subir e descer escadas, andar por ruas irregulares ou cheias, o mochilão é mais prático. A mala também tem a vantagem de ser mais fácil de acessar as coisas, mas no fim a decisão é sua.

9. Leve Engov na mala!
Sempre pode acontencer de um bartender (tcheco) te fazer beber shots com ele a noite toda! (True Story)

10. Preste atenção na gorjeta
Já fiquei morrendo de vergonha várias vezes ao sair de algum restaurante na Europa esquecendo que os 10% lá não estão inclusos na conta. Mas isso depende do lugar. Pesquisar sobre a cultura de gorjeta do lugar que você está indo pode evitar um peso na consciência!

11. Confira o horário de funcionamento das atrações
Ninguém merece chegar no lugar e ele estar fechado, não é?

Tem mais dicas úteis para acrescentar? Deixe nos comentários!
Até a próxima 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s