Antuérpia – Bélgica

A segunda maior cidade da Bélgica foi o último destino que eu e Maria visitamos juntas. Como já tínhamos visitado vários museus nas outras cidade confesso que eu não estava muito animada para visitar mais museus (apesar de ter uma lista enorme) e nosso roteiro já estava ficando meio defasado. Além disso estávamos exaustas, então nossos programas foram mais andar pela cidade e turistar com calma. Não tem jeito, em algum ponto do mochilão é preciso admitir o cansaço e tirar pelo menos um dia para recuperar as energias. E foi isso que aconteceu quando chegamos na Antuérpia: Deixamos as malas no Hotel Postiljon  que encontramos no hostels.com, almoçamos no italiano Da Giovanni que vinha muuuita comida e não era caro e dormimos até o dia seguinte. Derrota total!

hotel

Só realmente começamos a explorar a cidade no dia seguinte, mas eu já estava apaixonada. A Antuérpia é uma das cidades mais lindas que eu já vi, e o clima é delicioso. Nosso hotel ficava exatamente ao lado da Catedral mais importante de lá: a Catedral de Nossa Senhora, que por sinal fica ao lado do Grote Markt, outra atração turística lindíssima. A única parte ruim dessa localização era ter que escutar os sinos da catedral o tempo todo, mas acho que no fim já tinha até me acostumado.

6 5

Para vocês terem ideia de quão perto da catedral o hotel era, essas são as fotos que eu tirei da janela do meu quarto.

3 2

E olha como o Grote Markt é lindo!

IMG_6159 IMG_6161 IMG_6162

IMG_6166

IMG_6175

Essa estátua no centro da praça conta a história da origem do nome da cidade. Conta-se a lenda que existiu um gigante chamado Antigoon que cobrava vários impostos das pessoas que queriam cruzar o rio, e se elas não pagassem ele cortava a mão do infeliz e jogava no rio. Até que o heroi da cidade (Brabo) finalmente derrotou o gigante, e para manter a tradição jogou sua mão no rio. Então aparentemente Antwerpen significa jogar a mão no rio. Curiosidades inúteis nunca são demais, certo?

Depois de visitar esses dois grandes pontos fomos andar por aí sem rumo e procurar um lugar para tomar café. Como era domingo foi um pouco difícil, mas encontramos um lugar super gracinha perto da estátua de netuno que eu infelizmente não anotei o nome.

IMG_6180 IMG_6182 IMG_6183 IMG_6188 IMG_6185 IMG_6186 IMG_6187 IMG_6191 IMG_6190 IMG_6195 IMG_6194

Esse “castelo” das fotos abaixo na verdade é o famoso forte Het Steen, que é muito gracinha e tem uma vista linda!

IMG_6197 IMG_6198 IMG_6201IMG_6199 IMG_6200

IMG_6203 IMG_6205 IMG_6206 IMG_6208

Depois de caminhar por aí peguei o metrô para a estação de trem, já que não encontrei nenhuma casa de câmbio nos outros arredores e a Maria foi para o museu da moda que, segundo ela, não era muito grande mas estava com um acervo fantástico.

Aproveitei para tirar foto dessa estação maravilhosa.

IMG_6218 IMG_6219IMG_6221

Nos seus arredores ficam o jardim zoológico e a China Town, que eu não tirei foto porque não achei nada demais.

IMG_6225 IMG_6223 IMG_6224

No dia seguinte demos um pulinho na Meir (já falo mais sobre!) e fomos no Middelheim, um museu de esculturas a céu aberto. Eu sinceramente não dou muita bola para esculturas, então acabei só indo porque a Maria deu a ideia de fazermos um piquenique.

Ele é mais ou menos longinho, tipo uns 20/30 minutos de ônibus (longe sempre depende do referencial!). então fomos para uma estação de ônibus perto da estação de trem e conseguimos descobrir qual ônibus pegar. É bom olhar o número direitinho e se possível descobrir em qual ponto pegar, já que tem váarias paradas de ônibus por ali.

O museu acabou sendo legalzinho, mas ele é enoooorme e as estátuas ficam super espalhadas, então também achei meio cansativo, apesar de ter que admitir que o lugar é bem bonito.

IMG_6231

IMG_6233 IMG_6238 IMG_6241 IMG_6243 IMG_6245 IMG_6251 IMG_6249 IMG_6254

IMG_6255

E essa gracinha de mini estátua?!!

IMG_6257

Mas aparentemente a Maria curtiu bastante o museu!

IMG_6260 IMG_6261

Mais tarde fomos em um bar todo coberto por plantas e cheio de santos por dentro tomar cerveja (ele fica do lado esquerdo da catedral) e depois fomos caminhar e passamos no MAS- Museum am Stroom, que tem uma vista de 360° da cidade no terraço!

7

Para jantar paramos no De Tapas, um restaurante de tapas espanhóis show de bola.

Na 2a feira o plano era dar um pulo em Brugge, que fica bem pertinho, mas resolvemos curtir um pouco mais a cidade e fomos passear pela Meir, que é cheia de lojas legais, e aproveitei para finalmente comer um waffle belga (a batata eu comi no dia anterior!).

IMG_6229 IMG_6226 IMG_6227

waffle

De noite fomos ver o pôr-do-sol perto do Het Steen e para cortar o clima nostálgico que estava começando a nos consumir fomos beber cervejas belgas num bar do lado do nosso hostel que tinha váaaaarias opções.

8 9 11 12 1314

Eu pedi para a moça me indicar uma cerveja boa de lá, e ela fez um super questionário que pareceu um teste de “descubra sua cerveja belga ideal”. Acabou que ela acertou em cheio e eu amei a escolha! No cardápio ao lado do preço das cervejas vem a porcentagem de álcool, que em algumas opções pode ser bem altinha. Outra coisa que achei engraçada foi que um casal entrou nesse bar com uma lista de cervejas para experimentar, e percebi que eles davam até nota!

No dia seguinte eu e Maria nos despedimos da cidade e uma da outra, já que ela voltou para o Rio e eu continuei a minha viagem. E é claro que não podíamos deixar de comprar os famosos chocolates belgas para provar!

chocolate

Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s