Euro Trip – Veneza

Galetitcha! To de volta! Aproveitei que acordei cedinho pra deixar vocês atualizados. A viagem já acabou há 3 semanas e ainda falta um milhão de lugares pra contar pra vocês. Mas devagar se vai ao longe, né? 😉

Antes de ler, abra esse vídeo aqui e escute. Foi ao som dessa playlist que eu desbravei essa cidade cheia de encantos ❤

IMG_0271
Ao chegar, à noite, na estação de trem da cidade, pegamos um “bus/barco” até a San Marco, praça central da cidade, onde ficava o nosso hotel. Nós pagamos 7 euros CADA pelo transporte, que não tinha nem roleta pra passar ou alguém para fiscalizar. Depois da primeira viagem, percebemos que aquele preço era abusivo e feito para turistas pagarem, visto que ninguém entrava com o ticket no “ônibus”. Decidimos, então, que não pagaríamos as passagens. E assim foi, durante todo o tempo que passamos em Veneza. Ninguém cobrou nada e passeamos por todos os cantos da cidade.

A primeira vista a cidade já é apaixonante. Não tem como não se encantar pelos canais, pela arquitetura e pelos becos secretos e intrigantes.

IMG_0312

 

O que não apaixona é o custo da cidade. Não existe nada barato. Nosso Hotel, chamado Cavaletto, foi um dos mais baratos que achamos e mesmo assim, custou mais de 100 euros a diária. Pelo menos ele valeu o preço. Era muito lindo e nosso quarto tinha vista pro canal onde passavam as gôndolas. Mas o que era lindo mesmo era o café da manhã que estava incluso. Croissant, Nutella, frios, suco, cafés, ovos, frutas, pães… Era um verdadeiro luxo! Eu comi muito e comi feliz!

Começamos o dia com o famoso e romântico passeio de Gôndola, que custou 80 euros. Este preço é pela gôndola, então, pra quem quiser economizar, vale dividir com alguém. Cabe cerca de 6 pessoas por barco. Só não vale perder o passeio! É uma delícia! ❤

DCIM100GOPRO IMG_0267 IMG_0266 DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO

Dá pra ver nosso hotel aqui em baixo ó! Esse com janelinhas vermelhas. a esquerda.

 

 

 

DCIM100GOPRO


Não nos prendemos em visitar museus ou pontos muito turísticos porque : 1– estavam cheios / 2– só tínhamos aquele dia pra conhecer a cidade / 3– o bacana de Veneza é se perder mesmo/ 4– Já havíamos visto tudo que importa em Florença.

Por esses motivos, resolvemos seguir nosso instinto e simplesmente andar e desvendar cada beco da cidade.

IMG_0308 IMG_0301 IMG_0298 IMG_0293 IMG_0284 IMG_0280 DCIM100GOPRO

 

Andar sem rumo em Veneza parece mais um sonho do que realidade. Então a melhor dica que posso dar a vocês é : Perca-se e encante-se ! 🙂

Vou fechar o post com uma frase legal do Nietzsche.

 “Se eu tivesse que encontrar uma palavra que substituísse “música”, eu só conseguiria pensar em Veneza.”

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s