Um apelo à imaginação

A melhor parte do Natal, para mim, sempre foi acreditar em algo fantástico, que saía completamente da minha rotina. Eu amava esse mistério, e talvez seja por isso que acreditei de coração no Papai Noel durante muitos anos. Minha mãe sempre teve uma capacidade incrível de nos fazer acreditar e amar a fantasia, tanto que durante muito tempo minha melhor amiga foi a fada dos dentes Pluminha.

Ela me fez passar por momentos difíceis com menos trauma como, por exemplo, quando meu hamster Melão fugiu de casa (não subestimem o sofrimento que isso pode ser para uma criança de 7 anos). Pluminha me contou que as fadas o encontraram e que estavam cuidando muito bem dele, isso me tranquilizou e me deixou muito mais feliz do que se me dissessem os riscos que ele corria e que não sobreviveria muito tempo.

É por isso que valorizo tanto a imaginação.  É fantástico ver como é possível acreditar no diferente e como isso faz o mundo mais feliz. Claro que sou fã da ciência e não desprezo a realidade, mas só esses dois juntos não dão o prazer de viver. Ler livros ou ver filmes de ficção, criar seres bons e sair desse mundo de concreto criam um coração mais feliz e uma mente mais fértil.

Gosto de ver as crianças acreditando em um homem bom que leva presentes a todos, ricos ou pobres, em um trenó encantado com renas que voam o mundo inteiro em uma noite. Gosto de ver crianças acreditando naquilo que parece impossível: coelhos que deixam ovos de páscoa, fadas que carregam dentes, duendes que escondem as meias (na verdade esse eu tenho certeza que existe).

Mas não é apenas a imaginação por si só que eu prezo, e sim o que isso pode fazer pelo mundo. Acreditar naquilo que parece impossível também nos leva a questionar certas atitudes e padrões. Se um dia acreditamos nesses seres fantásticos que parecem absurdos, por que não acreditar em mudanças e soluções para os problemas de hoje? E por que não usar a imaginação para amenizar a dor daqueles que precisam?

Esses são os meus votos de Natal. Deixem a imaginação entrar em suas vidas e deixar os seus dias mágicos. Leiam mais, vejam mais filmes, acreditem no impossível e possível. Espero que no próximo ano as pessoas saibam amar mais e sejam menos hipócritas. Que a ajuda venha de coisas simples e reais e não apenas de compartilhamentos no facebook. Comemorem a felicidade do outro ao invés de invejá-la, aprendam a evitar comentários rudes e, por fim, saibam respeitar o sofrimento alheio.

Feliz Natal e uma vida cheia de imaginação!

Imagem

Anúncios

3 comentários sobre “Um apelo à imaginação

  1. Ho Ho Ho! Que mais jovens como voce continuem com fé no mundo e espalhando energias positivas capazes de mudança!
    O Papai Noel dos Blogs agradece esse post em nome da imaginaçao! Um feliz natal pra essa mocinha e pra toda a família dela! Ho Ho Ho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s